Você está lendo um tópico
Novo Tópico Responder Mensagem 

Papo Aberto   
Delete o Facebook, pede um dos criadores do WhatsApp
As mensagens são de responsabilidade de seus autores.
Este tópico possui Mensagens 8 respostas e Visualizações 1438 visitas.


Ricardo em 21/3/18, 21:55       Administração
anos | Ago 2003 | Mensagens: 6548 | Pontes e Lacerda - MT
  
 

Delete o Facebook, pede um dos criadores do WhatsApp

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/redes-sociais/128391...ores-whatsapp.htm

Os escândalos envolvendo a obtenção e o uso ilegal de dados de 50 milhões de usuários do Facebook na campanha de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos em 2016 ainda está rendendo. A bola da vez é até um tanto surpreendente: Brian Acton, um dos criadores do WhatsApp, adotou uma campanha de boicote à rede social de Mark Zuckberg.

A parte mais curiosa é o fato de o desenvolvedor ter sido parte do próprio Facebook até o início deste ano. Junto de Jan Koum, ele criou o WhatsApp, que foi vendido a Mark Zuckerberg por US$ 19 bilhões em 2014. Koum ainda continua atuando como executivo na empresa, mas Acton a deixou para criar a sua própria fundação, a Signal.

No Twitter, ele publicou a mensagem “Chegou a hora #deletefacebook”.

Na sequência, ele reforçou a ideia e ainda divulgou uma campanha que premia as pessoas com a criptomoeda ethereum para promover a campanha. “Delete e esqueça. Chegou a hora de se preocupar com privacidade.”

Ele não é o primeiro ex-executivo do Facebook a fazer propaganda contrária à empresa. Ano passado, o ex-vice-presidente para crescimento de usuários Chamath Palihapitiy afirmou que "as redes sociais destroem a sociedade".


Responder com Citação   




lunkes em 22/3/18, 20:35       
anos | Jul 2008 | Mensagens: 363 | Dez de Maio(Toledo) - PR
  
 

concordo em grau e genero.
se o povo soubesse usar, ou usasse com criterio, seria ótimo mas como quase ninguem faz bom uso, seria melhor q acabasse.


Responder com Citação   

CRISPIM em 22/3/18, 22:42       Moderação
anos | Fev 2006 | Mensagens: 8563 | Itajaí - SC
  
 

O Facebook se tornou uma máquina de moer carne e sangrou a privacidade de seus Usuários.

E agora Zé Mané Mr. Mark Zuckerberg?.... virou um gangster da era digital, vendendo dados de seus Clientes e faturando em cima disso.





Bravo


Responder com Citação   

Markusguedes em 17/4/18, 14:46       
anos | Mai 2008 | Mensagens: 56 | Belo Horizonte - MG
  
 

Uma opção menos preocupante em termos de rede social poderia ser o VKontakte, que fornece praticamente as mesmas soluções que o Facebook, mas sem patrulhamento ideológico e coleta de dados para favorecer grupos. O VKontakte é do mesmo desenvolvedor do Telegram Messenger.

Responder com Citação   

Ademir em 17/4/18, 15:20       
anos | Abr 2008 | Mensagens: 4739 | Paranavaí - PR
  
 

As rede sociais, e em especial o Facebook estão criando uma geração de pessoas intolerantes!

O algorítmico do Facebook (e de outras redes sociais) faz com que o usuário navegue dentro de uma bolha, onde ele praticamente só veja publicações (noticias, postagens, opiniões... etc), de usuários que pensam, emitem opiniões, agem e vivem igual a ele.

Seja sobre times de futebol, religião, sexualidade, cultura, lazer, política.. etc..

Levando em conta que as redes sociais são onipresente (por causa dos smartphones) e as pessoas passam uma parte considerável de seu dia (e muitos até da noite) nelas, e em especial no Facebook, por ser o maior e mais difundido entre nós, muitos usuários acreditam que aquilo que ele vê toda a hora em sua timeline seja "A VERDADE ABSOLUTA".

Quando ele se depara com o contraditório, com opiniões, pensamentos e atitudes diferentes do que ele "considera a verdade absoluta", acontece a intolerância, nas redes sociais e que muitas vezes extrapola para o mundo real.

É um fenômeno novo e preocupante que atinge todas as idades e classes sociais.

Principalmente porque o que vemos nas redes sociais, geralmente é superficial, dentro do senso comum e raríssimo aprofundamento e/ou checagem da veracidade do que estamos assimilando.


Responder com Citação   

waltersandes em 17/4/18, 16:34       
anos | Fev 2006 | Mensagens: 2017 | São Paulo - SP
  
 

Graças a Deus que eu não tenho Facebook. Não tenho, não quero, não pretendo ter acesso.

Logo que foi criado o tal do Twitter, eu fui convidado por um ex-amigo a entrar. Nunca entrei.

Não tenho Instagram. Não tenho Facebook. Não tenho Twitter. Só WhatsApp.

O que se observa desde o início dos anos 2000 para cá: A velocidade com que a tecnologia, informática avançam. Numa velocidade que os mais jovens conseguem absorver com muita facilidade, e os mais velhos com mais dificuldades.

Portanto, manter a privacidade ainda é o mais importante. O que as tais "redes sociais" não permitem.

Prefiro me manter atualizado, mas preservar a minha privacidade (fotos principalmente), e outras informações particulares somente comigo. Quem quiser saber, terá que me perguntar.

O meu passado, o meu presente e os meus hábitos e gostos me pertence e não é para ficar divulgando em redes sociais.

Abs,
Walter - thumbright


Responder com Citação   

Markusguedes em 18/4/18, 10:11       
anos | Mai 2008 | Mensagens: 56 | Belo Horizonte - MG
  
 

Como toda ferramenta, depende do uso que se dá a ela. Redes sociais foram criadas para aproximar pessoas com interesses em comum.

Responder com Citação   

Markusguedes em 18/4/18, 10:17       
anos | Mai 2008 | Mensagens: 56 | Belo Horizonte - MG
  
 

Conheça a Rede Social VK

(Eduardo Martins Menezes)

VK (Originalmente VKontakte, em russo: ВКонтакте1) é uma rede social, equivalente na Rússia ao serviço Facebook.
É o 3º site mais visitado na Ucrânia e Bielorússia, o 2º mais visitado da Federação Russa.

O VK é a rede social mais popular e mais frequentada atualmente com um acesso de 33 milhões de usuários diariamente.

No mundo é o 25º site mais visitado.

História
Após se formar na St. Petersburg State University, o russo Pavel Durov lança, em Setembro de 2006, uma versão beta de uma rede social para Internet, até então exclusiva para os povos de língua russa. Oficializada em 1º de Outubro de 2006 com o nome de domínio vkontakte.ru, apenas ficou disponível para pequenos círculos de universitários e somente se aceitavam como membros pessoas que recebessem convite dos registrados. Mesmo assim, a pequena rede ganhou muita fama pelo país nessa época.

O sucesso foi imediato e em fevereiro de 2007 o site já tinha mais de 100.000 usuários cadastrados e foi reconhecido como a segunda plataforma de rede social mais importante de toda a Rússia, ficando atrás da famosa Odnoklassniki, que se tornou sua maior rival neste mercado. Curiosamente, no mesmo mês de fevereiro de 2007, o grupo sofreu um grande ataque DDoS que deixou por um período curto toda a rede em estado offline. O número de usuários chegou a 1 milhão em julho de 2007, passou a 10 milhões em abril de 2008 e finalmente, no final de 2008, ultrapassou a rival Odnoklassniki e se tornou a rede social numero 1 de toda a Federação Russa e dos países aliados de língua russa.

No ano de 2009, o site passou a operar em 20 idiomas diferentes do habitual russo, como o inglês, o espanhol e o português. Neste mesmo ano, o número de usuários chegou a 50 milhões, subindo rapidamente para 100 milhões em 2010. E em fevereiro de 2011 o grupo toma a decisão de retirar o cadastro por convite, dessa forma transformando o VKontakte em uma rede social de acesso livre ao público.

Funcionalidades
O site possui páginas personalizadas com fácil e imediato acesso aos amigos e às noticias, além de hospedagem de fotos e vídeos, tudo isso num sistema de mensagem simples e dinâmico. Podem se formar grupos para os usuários aumentarem sua rede de amigos, de acordo com seus interesses. Novos recursos são anunciados de tempos em tempos, para uma melhor e mais agradável navegação, como hospedagem de áudios e serviços Torrent nos grupos e páginas pessoais.

A função “Opinions” permite que você comente sobre um amigo, conhecido ou familiar, inclusive de forma anônima, se assim preferir, podendo postar seu pensamento pessoal sobre o receptor da mensagem.

A função “Offers” serve para que se anuncie algo a muitas pessoas em geral ou convidar uma pessoa a fazer algo em conjunto com o usuário.

“Questions” é direcionado às duvidas e perguntas que o usuário tiver necessidade de esclarecimento, sendo respondida por qualquer pessoa que possa ajudar no momento.

“Applications” possui ferramentas extras, como chats em salas de bate papo e games em Flash API. O VKontakte, assim como a maioria das redes sociais, usa o protocolo XMPP como base para chats e outros serviços especiais.

Privacidade
Os usuários tem total controle de sua disponibilidade, podendo ocultar vídeos, fotos e até páginas inteiras se desejar. Também o usuário pode escolher quem pode lhe enviar mensagens, escrever em sua página pessoal, convidá-lo a participar de um grupo, escrever em seu mural de mensagens e assim por diante.

Idioma
Em setembro de 2009 o site traduziu o VKontakte para 12 idiomas num esforço de expandir a rede para fora dos países da Rússia.6 Atualmente, chegou a 67 o número de idiomas diferente do russo, e isso inclui um especial chamado “V Soyuze” que usa a linguagem da URSS numa interface vermelha e com um machado soviético.

Popularidade
O site chegou em 2011(de acordo com a Alexa Internet) a ser o site mais visitado na Ucrânia e na Bielorússia e o segundo na Federação Russa e no Cazaquistão. Atualmente o site caiu de posição, porem a tráfico diário aumentou bruscamente com um total de 33 milhões por dia. Em 2012, o site revela (de acordo com a LiveInternet) um total de 110 milhões de usuários abrindo uma impressionante marca de 2 bilhões de páginas, isso diariamente, em apenas 24 horas.

O TNS Gallup5 informa que 60% dos usuários tem mais de 25 anos e 70% moram e vivem na Federação Russa. Desses 70%, 25% são da capital Moscou e 12% de São Petersburgo.

VK No Brasil
O VK começou uma rápida expansão de usuários brasileiros com o anúncio do fim do Orkut pela empresa Google12 ,no dia 30 de junho de 2014.

orkut-vk
O Google decidira se focar em suas plataformas principais, nas suas palavras, o YouTube, o Blogger e o Google+; como nenhuma dessas plataformas oferecem o serviço organizado de fórum multitemático que manteve usuários no Orkut mesmo com o avanço de outras redes sociais no Brasil, os usuários decidiram por si mesmos procurar uma plataforma que se adequasse às suas necessidades.

As comunidades são grandes grupos de usuários que se reúnem para falar de algum assunto específico, de grande importância no Orkut. Essa ferramenta não estava presente nas redes sociais mais comuns ao usuário brasileiro. Com a descoberta dessa funcionalidade na rede social VK, que funciona de modo similar ao Orkut, várias comunidades ainda movimentadas no Orkut começaram a fazer versões suas na rede social VK e iniciaram a transição dos membros até a data do encerramento da rede social da Google.


Fonte: http://tetera.com.br/tecnologia/conheca-a-rede-social-vk/


Responder com Citação   

Paulo.es em 18/4/18, 18:57       
anos | Dez 2006 | Mensagens: 1628 | Vitória - ES
  
 

Realmente, as redes sociais estão inundadas de fake news e perfis falsos que espalham boatos. Geralmente para favorecimento político.
Num país de analfabetos funcionais, isso é um perigo. Conseguem convencer qualquer um com qualquer mentira. Está sendo muito usado pelo governo e seus apoiadores.
A notícia de hoje em todas as redes sociais é que a presidente do PT convocou os muçulmanos pra atacar o Brasil em defesa de Lula. rsrs


Responder com Citação   







Enviar Mensagens Novas: Proibído
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído
Excluir Mensagens: Proibído
Votar em Enquetes: Proibído




VCVIP
Usuário:  
Senha:  
Lembrar 
Cadastre-se!
Agora na TV revista eletronica
Elysium
17:35 - 19:35
D.P.A. - Detetives d..
19:00 - 19:30
Um Maluco no Pedaço
19:00 - 19:30
Quem se Importa
19:00 - 19:35

 
Sinal aberto
Cinemax
14/09 a 23/09
SKY Pré-pago
Comedy Central
17/09 a 28/09
Vivo
Cinemax
14/09 a 29/09
Vivo
FOX Premium 1 e 2
27/09 a 1/10
Principais operadoras
E!
28/09 a 7/10
SKY Pré-pago

RGS
E shop Satelite

SIGA-NOS

Facebook   Twitter   Youtube

VCFAZ.TV NO CELULAR

App Android   Telegram

FALE CONOSCO

E-mail    Fórum Ajuda

ACESSO RÁPIDO

Na Televisão: Últimas Notícias |  Novelas |  Sinal Aberto |  TV Ao vivo |  Guia de TV
Colunas: Estreias |  Ubaldo |  FabioTV |  Cinema
Fóruns de Debate: Equipamentos |  Esportes |  Feeds |  Filmes e Séries |  NET Claro |  Oi |  Papo Aberto |  Política |  Promoções |  Satélite |  SKY |  TV |  Vivo | 
Sobre o Vcfaz: Fale Conosco |  Parcerias |  Regras de Participação |  Ajuda | 

Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group