Você está lendo um tópico
Novo Tópico Responder Mensagem 

Forum
FabioTV   
"O Outro Lado do Paraíso" termina como novela pobre
As mensagens são de responsabilidade de seus autores.
Este tópico possui Mensagens respostas e Visualizações visitas.


Vcfaz, 13/5/18, 23:22       Administração
anos | Ago 2003 | Mensagens: 27028 | Redação
     

Olá, internautas

Nesta sexta-feira (11/05), “O Outro Lado do Paraíso” chegou ao fim. Walcyr Carrasco cumpriu a missão de expandir os índices de audiência recuperados pela antecessora “A Força do Querer”. Apesar disso, o autor, responsável por ótimas novelas nos últimos 20 anos, abusou dos clichês nesta produção. O resultado final ficou abaixo da expectativa. A trama terminou como uma novela pobre, principalmente em relação ao texto, o que acarretou um ar artificial no conjunto da obra. Segue o nosso tradicional balanço final com os pontos positivos e negativos.

PONTOS POSITIVOS

Bianca Bin (Clara): a atriz sobressaiu em “O Outro Lado do Paraíso” ao viver a mocinha vingadora Clara. O telespectador ficou ao lado da heroína. Bianca, que já vinha de um ótimo retrospecto na faixa das seis, cumpriu a missão de protagonizar a novela das nove.

Marieta Severo: Sophia entrou para a galeria de vilãs inesquecíveis da teledramaturgia brasileira com a marca de “megera das tesouradas”. A atriz compreendeu o espírito da personagem, a aura da novela como um todo e se encaixou dentro do estilo da produção.

Gloria Pires (Beth): na primeira parte da novela, a atriz segurou a novela com o drama de Elizabeth. O ápice da personagem ocorreu na descoberta de sua filha Adriana, já adulta, em pleno julgamento no tribunal. A então ré, na realidade, era sua mãe, dada como morta, após as tramoias de Natanael (Juca de Oliveira). É verdade que Beth perdeu o rumo com a abordagem do alcoolismo nesta reta final. Porém, no balanço geral, o resultado é positivo.

Thiago Fragoso: o ator roubou a cena ao viver o advogado Patrick. Ele, literalmente, roubou o espaço e ofuscou a “reviravolta” de Gael. O ator já tinha se destacado em “Amor à Vida”, também de Walcyr Carrasco, e retornou a brilhar agora em “O Outro Lado do Paraíso”.

Caio Paduan e Erika Januza: os atores formaram um dos principais casais da novela. Conquistaram o carinho do telespectador ao interpretarem Bruno e Raquel. Os dois aproveitaram a oportunidade. Além disso, Carrasco conseguiu colocar o racismo em debate, através da personagem que começou como uma doméstica e se transformou em uma juíza.

Pedofilia: o autor trouxe uma série de temas sociais na trama de “O Outro Lado do Paraíso”. A pedofilia ganhou um bom espaço de discussão, através do delegado Vinicius, interpretado por Flavio Tolezani, e Laura, vivida por Bella Piero. Apesar de críticas recebidas pelo coach, o resultado foi positivo.

Fernanda Rodrigues: a atriz surpreendeu o telespectador ao interpretar a vilã Fabiana. Fernanda, que cresceu no vídeo com semblante de boa moça em outras produções, demonstrou versatilidade. Momento de virada em sua trajetória televisiva.

Anderson Tomazini: a maior revelação de “O Outro Lado do Paraíso”. O ator aproveitou a oportunidade com Xodó, personagem que ganhou repercussão junto ao público e galgou mais espaço dentro da trama.

PONTOS NEGATIVOS

Jogral: o texto da novela “O Outro Lado do Paraíso” apresentou, em grande parte da obra, pobres diálogos entre os personagens. Há uma diferença entre simples e pobre. O ar de jogral “berrou” no vídeo. As falas rápidas e sucintas fortaleceram a impressão. 10 segundos de fala, no máximo, foram uma constante.

Direção: Mauro Mendonça Filho e equipe, nos primeiros capítulos, adotaram um estilo de “cinema argentino”, o que provocou estranhamento no telespectador. Depois, transplantaram o mesmíssimo padrão de “Verdades Secretas” em “O Outro Lado do Paraíso”. O mesmo filtro escuro na imagem, a mesma fotografia e a mesma iluminação surgem como evidências de tal estratégia.

Gael (Sergio Guizé): o personagem mais perdido em “O Outro Lado do Paraíso”. Ficou solto e totalmente dispensável no roteiro. Conquistou ampla rejeição, após a violência contra Clara, logo nos primeiros capítulos. O autor tentou levantar Gael com uma redenção espiritual, mas o telespectador não engoliu a história.

Final de Renato (Rafael Cardoso): um dos maiores furos de “O Outro Lado do Paraíso”. Após ter sido baleado por Patrick durante o sequestro de Tomaz (Vitor Figueiredo), o que aconteceu com o médico? O telespectador ficou sem resposta. Além disso, a virada do personagem no capítulo 100 ficou forçada.

Grazi Massafera (Livia): a atriz passou despercebida em “O Outro Lado do Paraíso”. Interpretou uma personagem “água com salsicha” que acrescentou muito pouco na novela.

Núcleo de Samuel (Eriberto Leão): a abordagem da homossexualidade não foi bem trabalhada em “O Outro Lado do Paraíso”. A história caricata do psiquiatra Samuel foi um passo para trás no combate ao preconceito pela teledramaturgia. Inicialmente, o personagem gostava de usar calcinhas da sua esposa Suzy (Ellen Rocche). Depois, tal “fantasia” desapareceu. O drama de Samuel cedeu espaço para a comédia pastelão ao lado de Cido (Rafael Zulu) e Adinéia (Ana Lucia Torre). A mudança radical ficou forçada no vídeo.

Nanismo: trazer a temática para a teledramaturgia é sempre benéfico. Porém, também não foi bem trabalhada em “O Outro Lado do Paraíso”. O ar artificial “gritou” no vídeo com o triângulo amoroso entre Estela (Juliana Caldas), Juvenal (Anderson di Rizzi) e Amaro (Pedro Carvalho). Até mesmo, Juvenal, de uma hora para outra, deixou de amar Estela para cair nos braços de uma “quenga”. Núcleo mal desenvolvido.

Barbara Paz (Jô): a atriz funcionou, basicamente, como uma figurante de luxo. Barbara merece melhores trabalhos.

Clichês: os clichês sempre funcionam. E isso é percebido nos índices de audiência da novela de Walcyr Carrasco. Porém, ocorreu um abuso de tal procedimento. Personagem que ficou cego, outra que ficou entre a vida e morte por problemas renais, alcoolismo, outra que ficou com boca torta após AVC, cabeleireiros homossexuais, ganância pelas esmeraldas, vingança, “casa da luz vermelha”, “quengas” que querem casar e mudar de vida, julgamento no tribunal, moça momentaneamente paraplégica, sensitiva que ouve vozes do além....

Fabio Maksymczuk


Responder com Citação   













Enviar Mensagens Novas: Proibído
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído
Excluir Mensagens: Proibído
Votar em Enquetes: Proibído




VCVIP
Usuário:  
Senha:  
Lembrar 

Cadastre-se!
Agora na TV revista eletronica
Hot Right Now!
09:00 - 12:00
Jogador Nº 1
08:20 - 10:50
O Livro de Henry
09:35 - 11:30
Homens?
09:35 - 10:05
Ma Bonne Etoile
08:55 - 10:40

 
Sinal aberto
Smithsonian Channel
26/04 a 30/04
NET
Sportv
26/04 a 2/05
SKY Pré-pago
Sportv 3
26/04 a 2/05
SKY Pré-pago
MTV
23/04 a 2/05
SKY Pré-pago

RGS
Portal BSD
E shop Satelite

SIGA-NOS

Facebook   Twitter   Youtube

VCFAZ.TV NO CELULAR

Telegram

FALE CONOSCO

E-mail    Fórum Ajuda

ACESSO RÁPIDO

Na Televisão: Últimas Notícias |  Sinal Aberto |  TV Ao vivo |  FabioTV |  Guia de TV
Fóruns de Debate: Equipamentos |  Esportes |  Feeds |  NET Claro |  Oi |  Papo Aberto |  Promoções |  Satélite |  SKY |  TV |  Vivo | 
Sobre o Vcfaz: Fale Conosco |  Regras de Participação |  Ajuda |