Você está lendo um tópico
Novo Tópico Responder Mensagem 

Forum
Papo Aberto   
15/05/2019 - Manifestações contra cortes na educação ocorrem em todos os estados e no DF
As mensagens são de responsabilidade de seus autores.
Este tópico possui Mensagens respostas e Visualizações visitas.
1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Próximo


Ademir, 15/5/19, 17:04       
anos | Abr 2008 | Mensagens: 5419 | Paranavaí - PR
     


Professores, estudantes e trabalhadores da educação participam desde as primeiras horas da manhã de manifestações em defesa das universidades federais, da pesquisa científica e do investimento na educação básica. Os maiores protestos começaram à tarde em São Paulo, em Curitiba e no Rio.



15.maio.2019 - Os manifestantes espalham-se em vários pontos da Avenida Paulista, uma das principais vias de São Paulo


Os atos reuniram pessoas de idades diversas, com crianças, jovens e idosos contra os cortes na educação. É o primeiro protesto nacional do governo Bolsonaro.

Na capital paulista, manifestantes se concentram nas imediações do Masp (Museu de Arte de São Paulo), fechando os dois sentidos da avenida Paulista. Depois foram em direção à Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), no Paraíso.

Um grupo de alunos da USP (Universidade de São Paulo) veio a pé desde a Cidade Universitária, que fica a quase 7 km da avenida Paulista.

Além de cartazes, há bandeiras e balões de centrais sindicais e sindicatos da área da educação, assim como de coletivos estudantis. Bandeiras de partidos, como o PCO, aparecem em menor número.

Participantes também colaram adesivos contra a reforma da Previdência. Alguns manifestantes também estão com camisas e cartazes pedindo a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em um determinado momento, do meio de um grupo de estudantes da USP Leste, enquanto se aproximavam da do Masp vindos da Consolação, alguns desde grupo começaram a gritar "Bolsonaro, vai tomar no c...". Mas logo foram repreendidos pelos próprios colegas. "Não, aqui não vai ter isso". E continuaram com gritos de "Reage USP", "Luta" e "Resiste".

"Ô, Bolsonaro, seu fascistinha, os estudantes vão botar você na linha" e "Livro sim, arma não" foram outros gritos dos estudantes, que se sentaram na avenida Paulista em um trecho próximo ao Masp, pedindo a atenção das pessoas ao redor.

Rio tem concentração na Candelária sob chuva

Centenas de manifestantes se concentram, desde as 15h, em frente à Igreja da Candelária, no centro do Rio.

A Polícia Militar, que acompanha o ato, não forneceu estimativa da quantidade de pessoas. Organizadores disseram ao UOL que havia pelo menos 3.000 pessoas em frente à igreja por volta das 15h.

Os manifestantes usam guarda-chuvas e capa de chuva enquanto aguardam a saída da concentração, às 17h, quando o protesto se dirigirá à Estação Central.

Placas como "Penso, logo reexisto" e algumas bandeiras de partidos de esquerda, como o PCdoB, estão presentes. Panos de prato ironizando os ministros da Justiça, Sergio Moro, e da Economia, Paulo Guedes, são vendidos a R$ 10.

O público ironizava com gritos e cantos: "Que contradição, tem dinheiro para a milícia, mas não tem para a educação", "Ô, Bolsonaro, vou te falar: a juventude também quer se aposentar". Havia bandeiras de sindicatos, universitários, partidos de esquerda e em lembrança à vereadora Marielle Franco.

Em Curitiba, há uma nova concentração reunindo movimentos LGBT, centrais sindicais e universitários. Uma caminhada está programada e os organizadores querem superar a agremiação ocorrida pela manhã.
Por que as pessoas foram às ruas?

Os atos acontecem após o MEC (Ministério da Educação) anunciar um congelamento orçamentário que atinge recursos desde a educação infantil até a pós-graduação, com suspensão de bolsas de pesquisa oferecidas pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior).

Nas universidades federais, o bloqueio anunciado foi de 30% dos recursos destinados a gastos discricionários (como água, luz e serviços de manutenção).
Protestos desde a manhã

Mais cedo, alunos e docentes da USP (Universidade de São Paulo) iniciaram a manifestação por volta das 8h nos arredores da instituição, que fica na zona oeste de São Paulo, bloqueando ruas e avenidas do entorno. Eles decidiram ir andando até a avenida Paulista para engrossar o movimento da tarde.

Em Curitiba, os primeiros a chegarem no protesto contra os cortes na educação foram freis franciscanos. Eles ergueram faixas na praça Santos Andrade, no centro da capital paranaense. Os manifestantes se reuniram no prédio histórico da UFPR (Universidade Federal do Paraná) e realizaram uma caminhada, bloqueando ruas da região central. Estudantes, professores e servidores da universidade participam do protesto, além de alunos de escolas e faculdades privadas da cidade.

Na região metropolitana da capital paranaense, metalúrgicos também fizeram protestos em diversas fábricas contra os cortes. A entidade informou que 20 mil trabalhadores participaram dos atos.

Já em Porto Alegre, a Brigada Militar do Rio Grande do Sul usou granadas de gás lacrimogêneo para dispersar estudantes que protestavam na região da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), em Porto Alegre. Segundo a Brigada Militar, a medida foi tomada para evitar o bloqueio do tráfego de veículos na região por volta das 12h.

"Não se pode confundir protesto com bagunça. Não se pode confundir manifestação com o bloqueio do direito de ir e vir da coletividade", afirmou Moritz, justificando a ação da brigada. "Eles estavam fazendo um protesto legal, um direito constitucional, mas fecharam as vias", disse.


https://educacao.uol.com.br/noticias/2019/05/15/protestos-contra-corte s-na-educacao-pelo-brasil.htm


Responder com Citação   




Marcos R Salvi, 15/5/19, 18:46       
anos | Ago 2014 | Mensagens: 544 | Videira - SC
     





Responder com Citação   

Rafa!, 15/5/19, 21:38       
anos | Mai 2006 | Mensagens: 3494 | São Paulo - SP
     



Responder com Citação   

Rafa!, 15/5/19, 21:39       
anos | Mai 2006 | Mensagens: 3494 | São Paulo - SP
     

Protestos políticos desnecessários: idiotas úteis ou inúteis.

Responder com Citação   

Rafa!, 15/5/19, 21:46       
anos | Mai 2006 | Mensagens: 3494 | São Paulo - SP
     



Responder com Citação   

leco, 15/5/19, 21:51       
anos | Abr 2006 | Mensagens: 2076 | Curitibanos - SC
     

Inútil é o atual ministro comandado por um idiota inútil.
Vejam os valores que Lula dedicou pra educação em comparação a esse inútil. Procurem nos registros as verbas destinadas a educação básica , ensino médio e superior, quantas escolas técnicas , extensões e universidades criadas . Não faltavam livros e todo suporte as escolas. E falo de cadeira porque minha irmã é administradora escolar.
Mr surpreende jovens defendendo cortes na educação pública enquanto esse governo privilegia colégios militares.
Passarão vergonha no futuro já que não caiu a ficha ainda.


Responder com Citação   

Rafa!, 15/5/19, 22:29       
anos | Mai 2006 | Mensagens: 3494 | São Paulo - SP
     




Museu Nacional, administrado por uma faculdade pública pega fogo


Responder com Citação   

Paulo Frank, 16/5/19, 0:04       
anos | Set 2014 | Mensagens: 1906 | Ijuí - RS
     

Data histórica!
Marca o inicio da derrocada de um desgoverno que está brincando de governar.
Nesse ritmo não emplaca 2020, sem que aconteça o impeachment desse pessoal completamente despreparado para governar seriamente um pais!


Responder com Citação   

Marcos R Salvi, 16/5/19, 5:43       
anos | Ago 2014 | Mensagens: 544 | Videira - SC
     

Toda manifestação quando se mantem o foco é valida.
Problema é que se olhar as imagens a maioria dos manifestantes são os mesmos pelegos de sempre.
Bandeiras de partidos, de movimentos, de sindicatos, faixas e camisetas LULA LIVRE. No RJ tacaram fogo em onibus, ai não tem sentido porque se perde o foco da causa e vira uma militancia politica como sempre fizeram. Esse tipo de manifestação e reivindicação a maioria da população não aceita mais e mostrou isso nas urnas. Bem diferente de outras manifestações recentes, organizadas sem vandalismos, onde se via Bandeira Nacional, Ino Nacional sendo cantado, em prol do Pais e não de uma ideologia.
Aqui na minha cidade teve menos de 100 pessoas manifestando na praça, teve uma professora com cartaz escrito. #tiramaodoqueémeu, "mecheu" com um, "mecheu" com todos. Mesma balela das feministas e do Elenao.
Ja ta rolando um meme com a foto dela dizendo. É por causa do seu "mecheu" que é necessario "mexer" na educação.


Responder com Citação   

leco, 16/5/19, 7:12       
anos | Abr 2006 | Mensagens: 2076 | Curitibanos - SC
     

Fórmula da Água H2O , fórmula do atraso B17

Responder com Citação   






1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Próximo




Enviar Mensagens Novas: Proibído
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído
Excluir Mensagens: Proibído
Votar em Enquetes: Proibído




VCVIP
Usuário:  
Senha:  
Lembrar 

Cadastre-se!
Agora na TV revista eletronica
Ame-a ou Deixe-a
09:53 - 10:44
Gravity Falls: Um Ve..
10:30 - 11:00
Alavés x Girona
09:30 - 11:30
Jornal GloboNews - E..
10:00 - 13:00
Annabelle 2: A Criaç..
10:10 - 12:05

 
Sinal aberto
Smithsonian Channel
26/04 a 26/05
NET
Fisht TV
2/05 a 30/05
Oi
ESPN
24/05 a 3/06
TV Alphaville

RGS
Portal BSD
E shop Satelite

SIGA-NOS

Facebook   Twitter   Youtube

VCFAZ.TV NO CELULAR

Telegram

FALE CONOSCO

E-mail    Fórum Ajuda

ACESSO RÁPIDO

Na Televisão: Últimas Notícias |  Sinal Aberto |  TV Ao vivo |  FabioTV |  Guia de TV
Fóruns de Debate: Equipamentos |  Esportes |  Feeds |  NET Claro |  Oi |  Papo Aberto |  Promoções |  Satélite |  SKY |  TV |  Vivo | 
Sobre o Vcfaz: Fale Conosco |  Regras de Participação |  Ajuda |