Para comemorar os 50 anos do personagem Didi Mocó e a carreira de seu intérprete, Renato Aragão o canal de TV por assinatura Viva exibe no dia 1° de janeiro, às 16h, o especial de fim de ano Nosso Querido Trapalhão. A jornalista Patrícia Poeta conversou com Renato em uma longa e emocionante entrevista, que é a base para a reconstituição de sua vida, em formato dramatúrgico.

Nosso Querido Trapalhão conta momentos marcantes da vida de Renato Aragão. Desde a infância em Sobral, passando pelo dia em que foi selecionado para o programa na TV Ceará; a criação do nome artístico Didi; a mudança para o Rio de Janeiro e o encontro com Dedé, Mussum e Zacarias; até o dia em que beijou a mão do Cristo Redentor.

Para interpretar Renato Aragão no especial foram escalados três atores: Frank William, aos quatro anos; Lucas Cavalcante, aos dez anos, e Vinícius de Oliveira, na fase jovem e adulta; Prazeres Barbosa vive Dinorá, a mãe de Renato, e Amilton Monteiro interpreta o pai, Paulo Aragão. A atriz Mariana Mamoré interpreta Lilian, mulher de Renato, ainda criança, que era muito fã do Didi e o conheceu no camarim, depois de um show, em 1972.

Renato também foi até Aparecida do Norte (SP), onde contou mais sobre sua história. Lá, foi surpreendido por seus familiares, fãs e um coral prestando homenagem a ele quando entrou na basílica. O especial tem direção de núcleo de Jayme Monjardim e direção de Teresa Lampreia. Os autores do programa são Gustavo Nogueira e Mauricio Arruda.