viva O canal Viva decidiu quais serão as próximas novelas que serão reprisadas. As escolhidas foram "O Dono do Mundo" e "Bebê a Bordo". "O Dono do Mundo" substitui "História de Amor" no horário vespertino. Escrita por Gilberto Braga, foi ao ar em 1991. O antiético cirurgião plástico Felipe Barreto (Antônio Fagundes), casado por interesse com Stella (Glória Pires), sente uma forte atração por Márcia (Malu Mader), uma simplória professora, tímida e suburbana. Essa fascinação aumenta quando ele descobre que a garota é virgem. Durante o casamento de Márcia, Felipe aposta uma caixa de champanhe com Júlio (Daniel Dantas), gerente da clínica, dizendo que fará amor com a moça antes do noivo.

A fim de alcançar seu objetivo, ele oferece uma viagem ao Canadá para o casal. No estrangeiro, arma para que Walter (Tadeu Aguiar) se distancie e seduz Márcia quando a mesma o procura. Com efeito, a moça, antes de sua noite de núpcias, acaba se rendendo a Felipe, o que faz com que sua vida desmorone: Walter, ao descobrir a traição, comete o suicídio. Márcia consequentemente passa a sofrer inúmeras dificuldades até ser expulsa de casa pela própria família. Começa então a se dedicar somente à vingança contra o médico. O elenco ainda conta com nomes como Fernanda Montenegro, Kadu Moliterno, Letícia Sabatella, Ângelo Antônio, Stênio Garcia, Nathália Timberg dentre outros.


Isabela Garcia e a pequena Helenina em "Bebê a Bordo"
Divulgação/Rede Globo

"Bebê a Bordo" entrará no lugar de "A Viagem", que estreia dia 14 de julho. Exibida em 1988, escrita por Carlos Lombardi, a novela tem no elenco nomes como Tony Ramos, Isabela Garcia, Maria Zilda, Dina Sfat, Ary Fontoura dentre outros. Despertar as mais diversas sensações, dentro da sua completa inocência, parece ser o destino da pequena Heleninha desde o seu nascimento, que acontece dentro do carro de Tonico Ladeira (Tony Ramos), quando a quase mamãe Ana (Isabela Garcia) pega uma estratégica carona para fugir da polícia. Estava selada a união de Ana e Tonico. De motorista a parteiro, Tonico fica irremediavelmente ligado a Heleninha, ainda mais que Ana desaparece.

Ana acaba por repetir a história de sua mãe Laura (Dina Sfat), que a abandonou no seu nascimento. Mas Laura está disposta a conseguir para si a guarda da sua neta, a pequena Helena. Novamente o destino dá uma ajudinha, pois mais tarde Ana decide deixar o neném na porta da casa de Laura, sem saber quem é ela. Enquanto isso, vários personagens masculinos disputam a paternidade da criança, pois Ana não faz a mínima idéia de quem é o pai de Heleninha. A novela deve entrar no ar no final deste ano.