›› Episódio: Jantar elegante para a tia Dolly
Celinha (Adriana Esteves) organiza um jantar para sua tia Dolly (Rogéria), que acaba de sair da prisão. Rita (Marisa Orth), Arnaldo (Diego Vilela), Mário Jorge (Miguel Falabella) e Copélia (Arlete Salles) atendem aos pedidos da zelosa dona de casa e se vestem com muita elegância. Até Bozena (Alessandra Maestrini) aparece com um visual requintado: a diarista veste um uniforme novo e equilibra uma bandeja com aperitivos.

Para estragar a noite elegante dos casais, Dona Álvara (Stella Miranda) invade o apartamento de Rita e Arnaldo horas antes do jantar acusando os moradores de terem uma conexão clandestina de televisão a cabo em seu apartamento. Os filhos de Rita, Isadora (Fernanda Souza) e Tatalo (George Sauma), logo confessam o crime. A síndica corta a conexão da televisão e é imediatamente expulsa do apartamento por Rita. Mais tarde, os adolescentes aproveitam a ausência da mãe e chamam o vizinho Marcinho (Thiago Martins) para refazer o “gato”. Sem querer, Marcinho causa um curto-circuito e provoca um blecaute.

Perfeccionista, Celinha se desespera ao ver que o andar está sem luz. No meio da escuridão, surge Álvara novamente, que interrompe o jantar acompanhada por um policial (Augusto Madeira) para prender Rita. Irritada com a confusão, Dolly se encarrega de cuidar de Álvara e impede que a síndica acabe com o jantar. Enquanto isso, a tia de Celinha também aproveita para jogar um charme para o policial.

O único sensato da família, Adônis (Daniel Torres), preocupado com sua reputação, pede à mãe para não ter que ir à escola acompanhado dos filhos de Mário Jorge.

O sitcom tem direção de núcleo de Roberto Talma e direção geral de Mauro Mendonça Filho, texto de Miguel Falabella e Maria Carmem Barbosa, com colaboração de César Cardoso, Juca Filho, João Dantas e Tereza Falcão, e é exibido às terças-feiras, após o Casseta & Planeta Urgente!.