O Sétimo Tribunal Colegiado em Matéria Administrativa decidiu enviar a Suprema Corte de Justiça da Nação (SCJN, em espanhol) o recurso promovido pela Teléfonos de México, Telmex, para que se permita oferecer serviços de televisão por assinatura no México. O Tribunal Federal revisaria a resolução do recurso de inconformidade da Telmex, mas as autoridades alegaram que o caso é de competência da SCJN. As informações foram divulgados pelo site Revista Señal.

Na decisão proferida em abril de 2011, o Sétimo Tribunal já informava que a Telmex contava com parecer favorável da Comissão Federal de Telecomunicações a respeito do cumprimento dos requisitos previstos no Acordo de Convergência de 2006 para a modificação de seu tipo de concessão.