Uma falha atingiu na manhã deste domingo, dia 5 de agosto, o satélite Intelsat 9 (posicionado em 58ºW) e o colocou fora de órbita. Por conta disto, todas as operadoras de TV por assinatura na América Latina estão sem sinal em diversos canais.

Para contornar o problema, alguns programadores estão migrando seus canais para outros satélites. De acordo com informações publicadas por leitores do VCFAZ.NET, canais da FOX e Turner já começam a aparecer no Intelsat 11. Equipes de engenharia das operadoras brasileiras estão de plantão e realizando os ajustes necessários para que os canais sejam reestabelecidos o mais breve possível para o assinante final.

Como um canal chega até sua casa

A falha ocorrida com o satélite Intelsat 9 afetou assinantes de toda a América Latina. Para compreender melhor como o problema chegou até o assinante brasileiro, a Redação VCFAZ.NET traz de forma resumida o caminho percorrido pela maior parte dos canais sintonizados no Brasil. Confira:

1º – A programação do canal é gerada pela programadora;
2º – Este sinal é enviada para operadora de todo o país via satélite. O Intelsat 9 era um dos principais satélites utilizados para fazer este serviço. A falha deste domingo ocorre nesta etapa do processo;
3º – As operadoras recebem o sinal, ajustam suas configurações;
4º – O sinal é enviado pela operadora até a casa do assinante por meios diversos: satélite, cabo, fibra, MMDS;
5º – O receptor instalado na casa do assinante recebe o sinal e exibe a programação.

Como dito acima, a falha se encontra no sinal enviado para as operadoras. Empresas como SKY, GVT, NET, Claro TV, Vivo e várias outras não estão recebendo o sinal de vários canais afetados. Estas operadoras também não são responsáveis pela falha e aguardam uma solução das programadoras.

Quais canais foram afetados?

A lista de canais afetados é imensa. São canais das redes Discovery, Turner, Fox, Viacom, além de Eurochannel, TV5 Monde, Rai, DW, Enlace TV, CCTV, 3ABN, Russia Today, Al Jazeera, France 24, Sonlife, Band Internacional, Band News Internacional, NHK, TVN, Caracol, é(TV), TV Azteca, Antena 3, Multipremiere, Multicinema, CineLatino, ZAZ, Viva Sports e canais adultos como Playboy TV, Vênus e Forman, entre vários outros.