A aventura do cineasta português Vicente Jorge Silva chega ao clímax no terceiro episódio inédito de As Ilhas Desconhecidas, no dia 27 de agosto, segunda-feira, às 20h, no Eurochannel. Para o grand finale, Silva reservou a visita à ilha de São Jorge, uma das mais místicas dos Açores. Atravessada por uma cordilheira montanhosa que atinge a altitude de 1053 m, no Pico da Esperança, a ilha é conhecida por suas fajãs, termo que designa um tipo de terreno plano com área cultivável, geralmente próximos ao litoral.

Silva também viaja a Ilha de Nosso Senhor Jesus Cristo ou Ilha Terceira – nome dado em razão de ela ter sido a terceira ilha açoriana a ser descoberta, logo depois de Santa Maria e São Miguel – a fim de desvendar suas belezas e reconstruir os vestígios deixados pelo terremoto que atingiu a cidade Angra.

As Ilhas Desconhecidas é a série em três episódios do Eurochannel que seguiu os passos do jornalista e escritor português Raul Brandão, que há mais de 80 anos visitou os paraísos escondidos nos Arquipélagos dos Açores e da Madeira, onde descobriu terras de vulcões perpétuos, florestas profundas e escuras, lagoas azuis e baleeiros corajosos, locais que descreveu com precisão em poesia em sua obra As Ilhas Desconhecidas, publicada em 1926.