Nessa sexta-feira, dia 31, o ‘Programa do Jô’ recebe a atriz Regina Duarte que conversa com o apresentador sobre os seus 50 anos de carreira.

Carinhosamente, Jô Soares convida a ‘namoradinha do Brasil’ para falar de sua trajetória como atriz. Desde o teatro amador, passando pelo cinema, televisão e teatro profissional Regina já interpretou 57 personagens. Desde cedo ela sabia que iria trabalhar com artes e conta que seus pais foram os maiores incentivadores. “Eles sempre sonharam em ser artistas e projetaram isso em mim. Já quis ser pintora, bailarina, mas me encantei com o teatro quando li a peça ‘Diário de Anne Frank’”, diz.

Em depoimentos, o jornalista Renato Machado, que dividiu o palco com Regina Duarte na peça ‘Romeu e Julieta’, dirigida por Jô, participa do programa. E o diretor Daniel Filho pergunta como é possível manter o sucesso com o passar de tantos anos e tantos personagens. “Não dá para ficar pensando no futuro, o trabalho é agora. Não fico cansada, sou como uma criança que não quer parar de brincar. O sucesso é construído tijolinho por tijolinho”, diz Regina.

Para comemorar a data, a atriz está também com a exposição “Espelho da Arte”, que mostra sua trajetória com fotos, figurinos e memórias. “A exposição é um presente de amor. Tenho um fã que guarda coisas minhas desde os cinco anos, aprendeu a gostar do meu trabalho com a mãe. Em 2009 ele me procurou para montarmos essa exposição. Confesso que fiquei com vergonha no começo, mas foi um grande presente”, conta emocionada.

A atriz também estreia como diretora na peça ‘Raimunda, Raimunda’. “Preparei esse espetáculo por três anos e no começo não pensava em dirigir, aconteceu naturalmente. Em todos esses anos acumulei muita experiência observando os diretores que passaram pela minha carreira. Realizar esse sonho neste ano é um grande orgulho. E o carinho do público tem sido maravilhoso”, afirma.