"Vivendo com o Inimigo", série que o A&E estreia no dia 22 de agosto, às 22h, mostra situações reais em que um familiar se interpõe entre um casal, chegando a provocar o seu rompimento. Sogros controladores, irmãos ciumentos, genros e noras encrenqueiros podem por tudo a perder e, para evitar isso, os especialistas Laura Baron, Mel Robbins e Tom Kersting colocam os envolvidos sob o mesmo teto e os fazem falar sobre suas emoções mais recônditas. O trabalho tem como fim alcançar a harmonia com que os casais sonham, antes de tomar uma decisão mais radical, como o divórcio.


Tom Kersting apresenta "Vivendo com o Inimigo"
Divulgação/A&E

O primeiro episódio traz o caso de Kristin, que ao se casar com Scott pensou estar dizendo adeus para sempre à difícil relação com sua mãe. Com a chegada do primogênito, Scott começa a pressioná-la a fazer as pazes com a sua sogra, mas a mãe de Kristin interpreta a oportunidade de reconciliação como um modo de se intrometer na vida do casal. Em seguida, às 22h30, Khalood tem uma missão um tanto complicada: evitar que Fallon, sua filha, se case com o namorado Steve, que considera indigno de sua prole. O terapeuta Tom Kersting vem em seu socorro, e reúne toda a família à procura de uma solução que deixe todas as partes satisfeitas.

b]"Vivendo com o Inimigo"[/b] estreia no dia 22 de agosto, às 22h no A&E.