No início deste mês o canal E! Entertainment Television mudou a estética de sua tela e do site para dar lugar a uma imagem vanguarda, renovada e dinâmica, que chegou ao Brasil, no início de setembro como parte da estratégia global do canal.

Para inspirar e entreter os fãs da cultura pop, o E! apresenta seu novo logo. O famoso E! continuará exclamando atualidade, mas desta vez o faz usando um justo pretinho básico, acompanhado de uma paleta de cores vibrantes.

Com logo novo e uma imagem mais stylish, o canal continua sendo o pioneiro contando aos assinantes a história da maneira mais sexy e divertida possível. E para comemorar este momento especial, o canal anunciará em breve o lançamento do primeiro app para plataformas iOS, Android e BlackBerry.

Após 15 anos em que o famoso “E!”, na cor vermelho vivo, se transformou em ícone de entretenimento, chave para o acesso direto às grandes estrelas de Hollywood e o canal de televisão especializado em conteúdo do mundo do espetáculo, agora renova sua imagem brindando com um olhar vanguarda, alinhado com as últimas tendências do design e em clara sintonia com a era digital.

Para Sergio Pizzolante, Vice-presidente Executivo e Gerente Geral do E! Networks Latin America, “o conceito de cultura pop evoluiu, e nós evoluímos com ele. Uma queda no mercado de ações tem tanta relevância quanto o divórcio de dois famosos. Isso nos compromete com nosso público, que espera diversidade de conteúdo, ângulos diferentes sobre um mesmo fato e, sobretudo, acessibilidade à informação 24 horas por dia e 7 dias na semana”.

Por sua vez, Daniela Chaparro, Vice-presidente de Mercado e Serviços Criativos do E! Networks Latin America comenta “O E! é uma pessoa totalmente conectada com o que há de mais atual, é divertida, sabe rir de si mesma e de seus amigos, é fascinante porque vai a fundo ao coração das histórias que nos conta. Sempre tem um ponto de vista incisivo que surpreende e faz com que todos se rendam diante dela. É uma fã convicta da moda e tem muito estilo. É sexy na medida certa e sabe que muitos querem ser como ela, mas isso não a torna inacessível”.