O presidente das Organizações Globo, Roberto Irineu Marinho, comunicou hoje ao grupo executivo mudanças na governança corporativa das OGs e também anunciou que Carlos Henrique Schroder assumirá a direção geral da TV Globo a partir de 1º de janeiro de 2013.

Até lá, Schroder acompanhará Octávio Florisbal – atual diretor geral – em sua rotina de gestão, num processo de transição. Em janeiro, Octávio passa a integrar o Conselho de Administração das Organizações Globo, que passará por uma reformulação e terá seus membros indicados pela assembleia dos acionistas.

A sucessão vem sendo discutida entre Octávio e Roberto Irineu nos últimos anos. Foi definida também a ampliação da atuação da Área Comercial, onde Willy Haas acumulará a Direção de Negócios e de Comercialização da TV Globo, com o propósito de apoiar o desenvolvimento do modelo brasileiro de publicidade. Willy levará sua competência de negócios para as diversas áreas da empresa e substituirá Schroder em suas ausências.

O atual diretor da Central Globo de Jornalismo, Ali Kamel, sucederá Schroder na Direção Geral de Jornalismo e Esportes e o novo titular da CGJ será anunciado nos próximos dias.

Os resultados alcançados nestes dez anos na Direção Geral devo a todos os profissionais da TV Globo que comigo trabalham, especialmente aos mais próximos, Diretores Gerais, Diretores de Centrais e Executivos. Comandar um grupo de diretores e suas equipes, com tantos talentos extraordinários, tem sido para mim um privilégio e um aprendizado. Estou feliz com as decisões tomadas e por ser substituído pelo Schroder, com quem convivo profissionalmente há muitos anos. Eu reconheço nele competência, criatividade, poder de decisão e a liderança para conduzir a Globo”, declarou Octávio Florisbal em comunicado dirigido a toda a empresa.

Na missão de conduzir a TV Globo e prepará-la para os desafios do futuro, sei que conto com companheiros qualificados, empenhados e entusiasmados: todos os profissionais e talentos dessa emissora. Ao Roberto Irineu, ao João Roberto, ao José Roberto e ao Octávio, o meu muito obrigado pela confiança”, disse Carlos Henrique Schroder.