Nessa terça-feira, dia 18, a equipe de reportagem do ‘Profissão Repórter’ mostra a dura realidade da violência urbana no Brasil. O programa vai ao ar logo após ‘Gabriela’, na Rede Globo.

Caco Barcellos foi até a capital de Alagoas, Maceió, para acompanhar de perto casos de homicídios que estão sob investigação, como o do motorista Luciano de Oliveira, que aconteceu na rua de sua casa quando ele estava a caminho da padaria. O jornalista também mostra o trabalho da Força Nacional que oferece apoio à segurança no estado – considerado o mais violento do país – e que resultou em uma redução de 23% dos homicídios, em três meses.

Em São Paulo, a repórter Eliane Scardovelli mostra a dor e a revolta de três famílias vítimas de violência, em diferentes bairros da cidade, na mesma semana. Na reportagem, a jornalista conversa com os familiares de um professor de matemática morto por ladrões dentro de casa e na frente de seus filhos; também com parentes de um delegado que reagiu a um assalto e foi assassinado e ainda mostra como vivem os familiares de um rapaz que foi atingido no rosto por uma bala perdida.

No programa de amanhã, Thaís Itaqui acompanha a família do publicitário Ricardo Prudente de Aquini, morto por policiais em julho em um bairro nobre de São Paulo. Na reportagem a jornalista mostra como ficou a rotina de sua família e a dor que a viúva sentiu ao entrar pela primeira vez no apartamento onde morava.