O Conselho Diretor da Anatel aprovou nesta quinta-feira, 25, o cronograma para a implementação do nono dígito em todo o Brasil. Com as alterações, o dígito "9" deverá ser acrescentado à esquerda de todos os números, que passarão a contar com o formato 9XXXX-XXXX. Os números dos telefones móveis dos 64 municípios da área 11 possuem esse formato desde 29 de julho de 2012, quando o nono dígito foi adotado na região.

Conheça as datas-limite para a implementação do nono dígito na telefonia celular:

31 de dezembro de 2013

São Paulo
DDD:12, 13, 14, 15, 16, 17, 18 e 19

31 de janeiro de 2014

Espírito Santo e Rio de Janeiro
DDD: 21, 22, 24, 27 e 28

31 de dezembro de 2014

Amapá, Amazonas, Maranhão, Pará e Roraima
DDD: 91, 92, 93, 94, 95, 96, 97, 98 e 99

31 de dezembro de 2015

Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe
DDD: 31, 32, 33, 34, 35, 37, 38, 71, 73, 74, 75, 77, 79, 81, 82, 83, 84, 85, 86, 87, 88 e 89

31 de dezembro de 2016

Acre, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins
DDD: 41, 42, 43, 44, 45, 46, 47, 48, 49, 51, 53, 54, 55, 61, 62, 63, 64, 65, 66, 67, 68 e 69

Um cronograma detalhado será estabelecido por grupo de trabalho coordenado pela Anatel.

A medida, prevista na Resolução nº 553/2010, padroniza o plano de numeração da telefonia celular em todo o Brasil e amplia os recursos de numeração em cada área, que aumenta de 37 milhões para 90 milhões de números.

Os Planos de Numeração dos serviços Telefônico Fixo Comutado (STFC) e Móvel Especializado (SME) não sofreram alterações, permanecendo com códigos de acesso com oito dígitos.