O canal de televisão por assinatura BBC HD exibe na quinta-feira, dia 18 de outubro, às 23h, o especial Em Busca da Partícula de Deus, programa rico em conteúdo que mostra a teoria de Higgs e promete ajudar a responder perguntas como: Por que existimos?

O canal vai ao CERN (Organização Europeia para Pesquisa Nuclear) para acompanhar uma das missões científicas mais interessantes e caras de todos os tempos: a procura pela elusiva partícula de Higgs, mais conhecida como a partícula de Deus. Acredita-se que ela dê massa a tudo no nosso universo. Mas a busca pela partícula de Higgs faz parte de uma pesquisa muito maior, de como o universo funciona. E é uma parte vital da Grande Teoria da Unificação da natureza. No âmago dessa busca estão as mesmas características do que faz os flocos de neve serem bonitos e os rostos humanos atraentes: a simples e encantadora ideia da simetria.

A teoria de Higgs é complexa mas está a caminho de sair do mundo das ideias. Não é à toa que os físicos do CERN estejam em festa só com os sinais de que ela talvez se comprove.

Para os cientistas encontrarem os “sinais”, eles pegam pedaços de átomos, aceleram muito e provocam colisões frontais entre eles. Das pancadas saem explosões com intensidades similares às do Big Bang, mas confinadas a um espaço ínfimo. No meio, da força dessas explosões deveriam aparecer bósons de Higgs soltos, assim como havia há 13,7 bilhões de anos, segundo a teoria. Os cientistas vasculham dados dessas batidas para ver o que aparece de fato. É um trabalho parecido com procurar agulhas em palheiros.