Teatrais e únicos, os garotos do grupo alemão Tokio Hotel são as estrelas da semana no Eurochannel, que apresenta no dia 21 de outubro, domingo, às 22h, um especial com entrevistas exclusivas dos bastidores, seus melhores vídeos musicais e um show antológico.

Ganhadores do melhor Live Act no MTV Europe de 2010, o Tokio Hotel é uma das bandas favoritas dos teens do mundo todo e tem agitado seu público com os hits pop-rock/emo-rock Automatic, Scream e Don’t Jump.

A banda começou sua carreira quando os membros ainda eram crianças, o que lhes permitiu desfrutar de todo o reconhecimento e fama mundial ainda cedo. Em 2001, os irmãos gêmeos Tom e Bill Kaulitz se juntaram ao baterista Gustav Schäfer e ao baixista Georg Listing, após um show em Magdeburg. Naquele tempo, os gêmeos, incentivados pelo padrasto a montar uma banda de rock desde os nove anos de idade, costumavam brincar com um pano de fundo de teclados para disfarçar a ausência de bateria e baixo.

Ainda sob o nome inicial de Devilish, eles conseguiram um contrato com a Sony BMG e foi nesse momento que decidiram mudar o nome do grupo para Tokio Hotel, uma homenagem a duas das coisas que eles mais amam. O contrato com a Sony não durou muito, mas pouco depois os rapazes assinaram com a Universal Music, que lançou uma campanha agressiva para levar a banda ao sucesso internacional. Com o lançamento de Schrei, seu primeiro álbum, em 2005, a banda rapidamente subiu nas paradas de sucesso e alcançou o primeiro lugar em um mês. Dois anos depois, seu segundo projeto nasceu com o nome de Zimmer 483 e eles voltaram a atingir as mais altas posições na Alemanha, França e Áustria.

Em 2008 foi ano em que a banda alcançou fama mundial depois de lançar seus primeiros álbuns em inglês, versões de músicas gravadas originalmente em alemão, fato que os levou a uma turnê norte-americana. No ano seguinte, o Tokio Hotel lançou Humanoid, seu último álbum com novos sons, incluindo batidas eletrônicas. O disco os levou a sua primeira turnê asiática e fez deles a "promessa alemã musical" de acordo com a revista Rolling Stone.