Mudanças tecnológicas, casas mais conectadas e assinantes mais exigentes demandam ultra banda larga e maior convergência entre os equipamentos do cliente. Na era do compartilhamento via redes sociais e dispositivos móveis, o consumidor está mais interativo e antenado. Diante deste cenário, as empresas precisam repensar seu modelo de atuação. “Enxergamos este cenário como desafio e também como oportunidade para continuar a quebrar paradigmas através da inovação, ampliar a infraestrutura e elevar a qualidade mantendo o crescimento rentável”, afirma o diretor de Marketing e Produtos da GVT, Ricardo Sanfelice.

A inovação com relevância faz parte dos fundamentos organizacionais da GVT que lança novidades ao mercado com alta frequência. Em agosto, a empresa começou a oferecer o Power Combo GVT, pacote de serviços que reúne internet banda larga com nova velocidade mínima, de 15Mbps, modem wi-fi, TV com canais em alta definição e novos planos de telefonia fixa. “O novo salto em velocidade de navegação mínima tem por objetivo garantir aos clientes a qualidade e o desempenho que eles precisam em uma casa convergente onde uma pessoa posta conteúdos em redes sociais enquanto assiste TV e outra monta uma playlist no computador para ouvir no smartphone”, explica o executivo.

Como resultado dessa estratégia, a GVT registra crescente adesão dos clientes às ultravelocidades. Atualmente, a velocidade média das novas vendas é de 14,5Mbps, quase sete vezes maior que a média brasileira, que é de 2,1Mbps. “Até o fim do ano, novas velocidades passarão a fazer parte do portfólio, o que deve elevar ainda mais esse número”, informa Sanfelice. Além disso, a empresa prepara sua rede para chegar com fibra direto à casa do cliente por meio de tecnologias como a GPON (Gigabit Passive Optical Network), que permite atingir vários pontos a partir de um trecho de fibra principal.

Em seu modelo de negócios diferenciado, a GVT quer entregar mais do que ultravelocidades com estabilidade, mas também conteúdo. Lançado há dois anos, o PMC, serviço exclusivo de música digital e vídeo para clientes GVT, é o primeiro no Brasil integrado com a televisão. O cliente pode acessá-lo via web, tablets e aplicativos para smartphones e também na tela da GVT TV. Com acervo de mais de 700 mil músicas, o serviço possui mais de 200 mil assinantes, sendo 100 mil na GVT TV, que fazem seis milhões de streamings de música e vídeo por mês. Mais de 50 mil clientes fizeram downloads do aplicativo em dispositivos móveis e acessam o conteúdo do PMC em seus smartphones.

Outro exemplo de conteúdo convergente é a oferta do YouTube na tela dos clientes da GVT TV. Lançado há menos de dois meses, o serviço já tem a adesão de 66% dos clientes e o volume mensal de streamings de vídeos do YouTube já é de 45 milhões.

Atuar em multitelas é um caminho sem volta. A mobilidade é uma tendência que cresce exponencialmente e a GVT trabalha para desenvolver aplicativos como acessar o Vono – serviço de telefonia IP da GVT – direto no celular e em breve também o telefone fixo convencional do cliente”, revela o executivo.

Plataforma para gerar inovação

Nesta semana, a empresa também lançou o GVT Labs (www.gvtlabs.com.br), uma plataforma corporativa para debater novidades e inovações voltadas à Casa do Futuro. A GVT é a primeira operadora do Brasil a trabalhar com este conceito.

O portal é dividido em quatro sessões:

Diversão & Entretenimento: foco na experiência ao assistir filmes, séries, games, personalização da programação, documentários, músicas, esportes. O objetivo dessa editoria é promover a reflexão sobre como a tecnologia e as ideias inovadoras revolucionam as diversas formas de entretenimento e diversão.

Vida Digital: reunirá matérias e artigos que ilustram a influência do mundo digital e da tecnologia na vida das pessoas. Assuntos como acervo de conteúdo pessoal, nuvem, consumo de conteúdo (e-books e revistas digitais, por exemplo), tecnologia móvel, além de compartilhamento e integração de conteúdo a exemplo de agendas, calendários, lista de compras.

Conectividade: promove a discussão sobre como a tecnologia transforma o modo como as pessoas se comunicam – o formato da relação interpessoal, o papel e a eficiência de emissores e receptores, as plataformas de consumo da informação, a telepresença, a evolução das redes sociais etc.

Casa Inteligente: Trata de automação e aumento da produtividade na vida doméstica através da tecnologia. Neste espaço, será discutido como as pessoas poderão acessar suas casas como se tivessem um controle remoto em mãos. Assuntos como segurança, conforto, facilidade, cômodos, cozinha, sustentabilidade e economia de tempo serão abordados nessa temática.