Na vida todos estão em busca de serem aceitos por seu grupo social, sua tribo. E as diferenças de cada um podem excluir as pessoas em uma sociedade que não aceita algo fora de seus padrões. Mas e se essas diferenças promoverem união?

Aidan, Sally e Josh sabem bem como é querer ser normal. Não apenas por serem jovens, mas, principalmente, por terem alguns segredos. Being Human, a nova série do Sony Spin, conta a história de três criaturas sobrenaturais que farão de tudo para serem apenas humanos comuns. A partir de 24 de outubro, quarta-feira, sempre às 22h, os telespectadores acompanharão a história de um vampiro, um lobisomem e uma fantasma que terão que superar as diversidades para viverem sob o mesmo teto e conseguirem se adaptar à vida normal.

O vampiro Aidan e o lobisomem Josh são amigos e colegas de trabalho em um hospital, mas é depois de uma noite sangrenta que os dois resolvem morar juntos para se ajudarem e manterem seus “monstros internos” controlados. Com a lua cheia, Josh corre para a floresta prestes a ter um ataque que o transforma em um lobisomem feroz, enquanto isso, na cidade, Aidan não consegue controlar seus instintos em uma noite de amor e acaba matando sua parceira.

Na casa alugada eles descobrirão que ela ainda está habitada, não por um humano, mas por uma fantasma. Sally morava com seu noivo quando morreu. Sem conseguir se lembrar como tudo aconteceu, a alma de Sally ficou presa na casa e com a chegada dos novos moradores ela tem a chance de ser vista pela primeira vez.

Juntos eles terão que superar as dificuldades, se aceitarem e lutarem contra o passado que pode trazer lembranças ruins, mas não será simples. O ex-mentor de Aidan, o vampiro Bishop fará de tudo para reaver o rapaz para seu grupo, a irmã de Josh poderá descobrir seu segredo e Sally terá revelações sobre seu noivo.

Aidan é interpretado por Sam Witwer (Smallville e Battlestar Galactica), Sam Huntington (Cavemen e Superman: O Retorno) é Josh e Meaghan Rath (The Assistants) é Sally. Mark Pellegrino (Lost e Supernatural) faz o papel do vampiro Bishop, que transformou Aidan.

A versão americana de Being Human é um remake da série britânica de mesmo nome. Seu diretor e co-produtor executivo é Adam Kane (The Mentalist, Heroes). Conta também com o produtor executivo Michael Prupas (The Kennedys, Pillars of the Earth) e os produtores executivos e roteiristas Jeremy Carver (Supernatural) e Anna Fricke (Men in Trees, Everwood).

Being Human já garantiu sua terceira temporada e, neste ano, foi indicada ao Saturn Award de Melhor Série para Jovens da Academy of Science Fiction, Fantasy & Horror Films. A temporada de estreia é dividida em 13 episódios.