A TV Climatempo obteve esta semana uma liminar que garante à emissora o direito de ser certificado como Canal Brasileiro de Espaço Qualificado pela Ancine (Agência Nacional de Cinema). A disputa judicial teve início quando a agência reguladora divulgou, no dia 31 de agosto, a lista de canais brasileiros qualificados sem a presença da TV Climatempo. Cerca de um mês antes (26 de julho), a TV havia recebido a classificação positiva da Ancine.

Com a decisão, o canal está habilitado a cumprir a cota estabelecida pela nova lei de audiovisual, que exige às operadoras de TV por assinatura terem ao menos dois canais brasileiros de espaço qualificado com veiculação de 12 horas diárias de conteúdo audiovisual brasileiro, produzido por produtora brasileira independente. A TV Climatempo também já havia sido credenciada pelo Ministério da Cultura, em 2011, como programadora de conteúdo nacional.

A TV Climatempo mantém o cronograma para entrega de toda a documentação solicitada pela Ancine, que inclui contratos com produtoras e plano de negócios.

Reformulação e investimento em tecnologia

No início do ano, a TV Climatempo ganhou uma identidade visual moderna, melhorias técnicas e passou por uma reformulação completa em sua programação, abrindo mais espaço às atrações voltadas para sustentabilidade e meio ambiente.

Além destas novidades, a TV Climatempo também investiu em novas tecnologias, equipamentos e softwares para ganhar qualidade na transmissão e obter maior alcance nacional.