A Star One, a maior operadora de satélites da América Latina e subsidiária da Embratel, anuncia o Star One C3, o mais novo satélite da empresa, que foi lançado com sucesso a partir de base de lançamento de Kourou, na Guiana Francesa. O Star One C3 recebeu investimentos de US$ 260 milhões para sua construção e será responsável pela ampliação da capacidade de telecomunicações da empresa no Brasil, na América Latina e parte dos Estados Unidos.

"O anúncio de hoje é estratégico para o grupo América Móvil, que controla no Brasil a Embratel, pois amplia nossa capacidade satelital tanto para aplicações atuais como novas demandas que irão surgir por conta do Pré Sal e das Olimpíadas”, afirma José Formoso, presidente da Embratel e do Conselho de Administração da Star One. “Estamos reafirmando nosso compromisso em assegurar o crescimento e a qualidade da frota da Star One, aumentando a capacidade de satélite do Brasil e de toda a América Latina", diz ele.

"O novo satélite é estratégico. O Star One C3 irá assumir a posição orbital de 75° W, garantindo a continuidade dos serviços em Banda C do Brasilsat B3 e trazendo nova capacidade em Banda Ku para atender às demandas de dados, vídeo e Internet dos nossos clientes corporativos e de governo no Brasil e na América do Sul", explica Gustavo Silbert, presidente da Star One. Além disso, segundo o presidente, o novo satélite tem cobertura diferenciada, com abrangência para todo o território brasileiro, América do Sul, Região Andina (com destaque para Colômbia, Peru, Bolívia e Equador) e Flórida (EUA). Sua capacidade inclui até a região do Pré Sal, disponibilizando, com isso, mais serviços para a indústria de petróleo.

O Star One C3 foi construído pela empresa americana Orbital Sciences Corporation e lançado ao espaço por foguete da empresa francesa Arianespace. Pesa cerca de 3 toneladas e possui configuração de 28 transponders (receptores e transmissores de sinais) em Banda C e 16, em Banda Ku. A Banda C garante a oferta de sinais de voz, TV, rádio e dados, incluindo Internet. A Banda Ku permite a oferta de serviços de transmissão de vídeo diretamente aos usuários, além de Internet e telefonia para localidades remotas.

Grandes empresas também serão beneficiadas. Hoje, a Star One já presta serviços para grande parte das 500 maiores empresas do Brasil, as principais emissoras de TV, canais independentes e diversos órgãos do Governo Brasileiro, incluindo o Ministério da Defesa. Com o novo satélite, a Star One assegura ao mercado a continuidade das aplicações que hoje estão em operação no satélite B3 e possibilita, ainda, a oferta de novos serviços de Internet de alta velocidade e de última milha (acesso do usuário diretamente à rede da operadora).

Os satélites da Star One são capazes de receber e transmitir sinais de televisão, rádio, telefonia, Internet e dados para aplicações de entretenimento, telemedicina, tele-educação e negócios, necessários para a interligação do Brasil e essenciais para as comunidades mais distantes. “Com o novo satélite, a Embratel e a Star One reforçam a liderança absoluta no mercado brasileiro”, diz Silbert, destacando que o grupo foi pioneiro na comunicação via satélite no Brasil, quando em 1985 lançou o Brasilsat A1, dando início à primeira geração de satélites brasileiros para comunicações domésticas na América Latina.

Posição orbital

Nas próximas semanas, o novo satélite será estacionado em sua posição orbital final pelos engenheiros da Star One e da Orbital. O controle do satélite será feito integralmente pela Star One, a partir de sua estação localizada em Guaratiba, no interior do Rio de Janeiro.

Inaugurada em 1984, a Estação Terrena de Guaratiba abriga o maior centro de controle e operação de satélites da América Latina. Com seus sistemas modernos e equipamentos de alta tecnologia, o Teleporto de Guaratiba monitora e controla todas as atividades e manobras dos satélites da Star One, assim como o desempenho das comunicações e transmissões de todos os clientes da empresa. É também responsável pela transmissão de dados e voz em banda larga. Sua estrutura é gerenciada é formada por um time de 90 engenheiros e técnicos especializados.

Uma das maiores frotas de satélite do mundo

A Star One possui sete satélites de comunicações, quantidade que a coloca como responsável por uma das maiores frotas satelitais do mundo. Opera com quatro satélites geoestacionários (Star One C1, C2 e C12 e Brasilsat B4), além de dois satélites em órbita inclinada (Brasilsat B2 e B3), a partir de seu centro de controle, localizado em Guaratiba (RJ). O Star One C3, juntamente com satélites já em operação, ampliará a frota da empresa. A capacidade destes satélites suporta toda uma gama de soluções para clientes dos segmentos de telefonia, TV, dados e redes corporativas no Brasil e ainda amplia a oferta desses serviços para os países da América Latina.

Excelência mundial

Além de ser líder e pioneira em soluções via satélite da América Latina, a Star One foi a primeira empresa no mundo a receber o certificado ISO 9001:2000 pelo serviço de controle de satélites a partir de Guaratiba. Essa certificação coloca a Star One como uma das empresas mais confiáveis do mundo por conta de seus sistemas de controle.

Em 2011, visando garantir a melhor segurança de seus serviços, a Star One associou-se a SDA (Space Data Association), principal instituição que presta serviço de vigilância espacial. Com isso, a Star One é uma empresa credenciada de acordo com as normas do Inmetro no Brasil, da Ansi-Rab nos Estados Unidos e RVA na Holanda. Pioneira em vários aspectos, a empresa obteve seu primeiro certificado desse tipo ainda em 1998 e continua um passo à frente em termos de qualidade.

Oferta comercial

A Star One oferece a seus clientes a segurança de contar com uma infraestrutura confiável, hoje vital para inúmeros segmentos de mercado. A empresa atende com seus serviços empresas públicas e privadas, dos mais diferentes setores da indústria. Por exemplo, a Star One amplia o alcance das emissoras de rádio, a capacidade de provedores de Internet, permite o ensino à distância, implementa estrutura de telefonia para empresas, amplia capacidade de comunicação de companhias com negócios internacionais e oferece projetos customizados para empresas e órgãos do governo. A venda comercial de novos serviços a clientes que utilizarão o C3 já foi iniciada. Para mais informações, acesse: www.starone.com.br