A produção "Detetives do Prédio Azul", uma parceria do Gloob com a Conspiração Filmes, ganha uma versão digital através do aplicativo "DPA" em formato de ebook, primeiro aplicativo gratuito de série de dramaturgia nacional voltado para crianças. O aplicativo traz cinco historinhas com aventuras exclusivas, que não foram ao ar na TV, além de dez jogos interativos. Desenvolvido pela Conspiração Filmes, será lançado, inicialmente, apenas para iPad.


Tela do aplicativo de "D.P.A" do Gloob
Divulgação/Gloob

A grande novidade é o Patucara, um mascote que será o narrador das histórias. O nome surgiu de uma mistura de pato, tucano e arara. Para o aplicativo, cada detetive sugeriu um bicho diferente; o Patucara foi criado, então, para agradar a todos. Quatro novos ambientes diferentes dos existentes na série "Detetives do Prédio Azul" na TV foram incluídos no aplicativo. Entre eles, um acampamento e o terraço do prédio. A cada história – no total são cinco – serão dois jogos disponíveis para que as crianças possam interagir, completando missões que darão continuidade às cenas.

A primeira história do aplicativo DPA é "Festinha de Aniversário". Neste episódio, somem os balões da festa de aniversário de Mila, uma das detetives do Prédio Azul. Ao usar o aplicativo, a missão das crianças será ajudar os detetives a recuperar os balões de aniversário e ainda o porteiro Severino a tocar “Parabéns pra você” em seu violão. Neste caso, os games envolvem memória e coordenação motora.

O lançamento reforça o posicionamento do Gloob desde a sua estreia: ser, mais do que um canal de TV, uma marca multiplataforma, que procura sempre ampliar o diálogo com crianças e pais em todas as dimensões. "Detetives do Prédio Azul" é um produto transmídia. Está na TV, em jogos no site do Gloob e agora é um aplicativo para Ipad, o primeiro de série de dramaturgia nacional voltado para crianças.