A maior parte do planeta está debaixo d´água. No mar, há muito mais que animais fantásticos e lutas pela sobrevivência: são grandes naufrágios e curiosidades inimagináveis. A nova série do Nat Geo, “Aquanautas”, que estreia no sábado, dia 24, às 23h15, irá percorrer parte do litoral brasileiro e desvendar os segredos por trás de regiões como Parcel Manoel Luís, Abrolhos e Fernando de Noronha.

Esta aventura é protagonizada pela jornalista Ana Paula e por seu marido, o documentarista Tony Rangel, ambos mergulhadores. De malas prontas e carregando muitos quilos de equipamentos, os Aquanautas partem numa viagem pela costa brasileira a bordo do catamarã Bioma. Uma expedição de mais de seis mil quilômetros, enfrentando o mar, o sol e a dura rotina de meses de embarcação. Ao longo desta incrível aventura, eles documentam importantes pesquisas que estão sendo desenvolvidas na Costa dos Corais, os únicos recifes do Atlântico Sul.

Além disso, enfrentam o trecho mais perigoso para navegação do país e chegam ao Parcel do Manuel Luís, uma formação de algas calcárias que pode ter sido responsável por dezenas de naufrágios. Ana Paula conta que o Parcel, conhecido como o “Triângulo das Bermudas” brasileiro, foi um dos lugares mais marcantes da expedição. “Cada local que visitamos foi especial por alguma razão. Alguns marcaram muito, como o Parcel do Manoel Luís, por sua história cheia de mistérios e perigos de navegação. Deparamo-nos com um ponto de mergulho incrível e um ecossistema muito preservado”, diz.

Durante a série, eles também documentam o perigoso trabalho de um cientista de Noronha que se atraca com tubarões para estudá-los. Os encantos e desafios do Atol das Rocas, um verdadeiro laboratório a céu aberto que funciona como um Oasis para várias espécies marinhas. O casal acompanha ainda, por três estados brasileiros, a saga dos cientistas que estudam o peixe-boi-marinho, um dócil gigante praticamente fadado à extinção na costa brasileira. Conferem de perto a captura de espécies de profundidade, jamais vistas no Brasil e no mundo, através de uma pesquisa que acontece na Praia do Forte – e registram as misteriosas buracas da região dos Abrolhos, grandes depressões no substrato marinho que agregam vida e que a ciência discute ainda sua origem.

Aquanautas” é a primeira série do casal para TV. “Imaginamos que não seria fácil, mas nos surpreendemos em todo o processo de produção com a FOX. Aprendemos muito em todas as etapas, desde o desenvolvimento do projeto até a finalização. Trabalhar com profissionais que estão acostumados com o ritmo dos grandes mercados mundiais é um privilégio tão grande quanto ter participado da expedição”, afirma Tony Rangel.

Marcello Braga, diretor de conteúdo da FOX International Channels Brasil, conta que a série traz histórias e imagens incríveis: “A cada episódio somos convidados a navegar e mergulhar junto com os Aquanautas em lugares deslumbrantes”. “Toda a série tem produção 100% nacional e ficamos orgulhosos em constatar que este tipo de conteúdo pode ter os mesmos padrões de qualidade dos produtos que vêm de fora”, completa Braga.