Xingu narra a heróica saga de Claudio (João Miguel), Orlando (Felipe Camargo) e Leonardo (Caio Blat) Villas Bôas, que, ao desbravarem o Centro-Oeste brasileiro pela expedição Roncador-Xingu, a serviço do governo de Getúlio Vargas e de seu processo de interiorização do país, descobrem e se apaixonam pela cultura indígena. O que era uma aventura rumo ao Brasil desconhecido se transforma em luta pelos direitos dos índios e culmina na criação do Parque Nacional do Xingu, em 1961, legado que salvou milhares de indígenas.

A microssérie tem uma importância enorme ao levar para a TV uma história poderosa como a dos irmãos Villas Bôas. Eles estão entre os grandes heróis brasileiros e são talvez os mais anônimos”, afirmou o diretor de núcleo Guel Arraes, após a exibição do primeiro capítulo. Em uma conversa empolgante, os atores relembraram as gravações do filme e destacaram o aprendizado que levarão para a vida a partir da convivência com os índios. “Foi uma experiência transformadora. O Brasil tem que redescobrir nossa cultura, e a microssérie terá uma grande contribuição neste sentido”, defende Caio Blat.

Na versão para a televisão, ‘Xingu’ contará com cenas inéditas e uma narração do ator João Miguel, costurando os capítulos. “Esperamos que, com ‘Xingu’, mais brasileiros conheçam a história dos Villas Bôas e dos índios que eles salvaram. Procuramos fazer um trabalho que deixasse a microssérie com todos os ingredientes para a televisão”, disse o diretor Cao Hamburguer.

Com direção de núcleo de Guel Arraes, direção de Cao Hamburger, ‘Xingu’ é uma coprodução da Rede Globo com a O2 Filmes, e será exibida do dia 25 ao dia 28 de dezembro, antes do ‘Jornal da Globo’.