O Canal Viva estreia dia 07 de janeiro, na faixa das 23h15, a minissérie "Um Só Coração", escrita por Maria Adelaide Amaral e Alcides Nogueira, com direção geral de Carlos Araújo e direção de núcleo de Carlos Manga, originalmente apresentada na Globo entre 6 de janeiro e 8 de abril de 2004.


Ana Paula Arósio e Erik Marmo em "Um Só Coração"
Divulgação/Rede Globo

A minissérie, produzida em homenagem aos 450 anos da cidade de São Paulo, conta a história da capital paulista no período de 1922 a 1954. A fase para a cidade é de transformação, quando ela se torna um grande centro econômico e cultural do país. Momentos como a Semana de Arte Moderna, em 1922, a Revolução de 1924, a crise de 1929, a Revolução de 1932, a Era Vargas, e as repercussões do nazismo e do fascismo são retratados na produção, juntamente com a história da personagem central Yolanda Penteado (Ana Paula Arósio). Jovem de família tradicional da alta sociedade paulistana, Yolanda desperta paixão por onde passa, mas não é de se envolver facilmente, até conhecer o estudante de medicina Martim (Erik Marmo). Os dois engatam um romance, mesmo com a reprovação de Guiomar (Cássia Kis Magro), mãe de Yolanda.

A história ainda traz tramas paralelas, como a da família Souza Borba, retratando as transformações na vida social e econômica de São Paulo; e a do movimento cultural dos modernistas, ao fazer um recorte da vida de Anita Malfatti (Betty Gofman), Oswald de Andrade (José Rubens Chachá), Mário de Andrade (Pascoal da Conceição) e Tarsila do Amaral (Eliane Giardini).

"Um Só Coração" reestreia no canal Viva dia 07 de janeiro, na faixa das 23h15.

Saiba mais:
Janeiro: "Rainha da Sucata" está de volta no Viva
Janeiro: Oitava temporada de "Malhação" chega ao Viva