O Brasil fechou 2012 com 261,78 milhões de linhas ativas na telefonia móvel e teledensidade de 132,78 acessos por 100 habitantes. No ano foi registrado 19,54 milhões de novas habilitações, o que representa um crescimento de 8,07% na base de assinantes. Em dezembro havia 210,82 milhões (80,53%) de acessos pré-pagos e 50,96 milhões pós-pagos (19,47%). A banda larga móvel totalizou 59,19 milhões de acessos.

A consolidação dos números mensais do serviço móvel está disponível na aba "Anatel Dados". Por meio dos diferentes relatórios, o usuário poderá realizar pesquisas e cruzamentos conforme seu interesse. Os relatório publicados hoje refletem os dados disponíveis em 18 de janeiro de 2013 e podem sofrer alterações.

Teledensidade por Unidades da Federação

A teledensidade avançou 7,19% (subiu de 123,87, em 2011, para 132,78, em 2012). No quadro abaixo é apresentada a teledensidade do Serviço Móvel Pessoal (SMP) nas 27 Unidades da Federação e nas cinco regiões do País.

Teledensidade por Unidade da Federação

Mercado

O quadro a seguir apresenta o market share do serviço móvel no Brasil.

Participação das empresas

Na tabela abaixo é apresentada a distribuição de acessos móveis por tecnologia.

Acessos móveis por tecnologia *

Os terminais banda larga móvel totalizaram 59,19 milhões de acessos.

* O número de terminais definidos como banda larga móvel é o somatório das tecnologias WCDMA e terminais de dados banda larga (modens 3G, por exemplo). Os terminais de dados M2M (máquinas de cartões de crédito e débito habilitados nas redes das operadoras, por exemplo) não são classificados como banda larga.