Na segunda-feira, dia 04 de março, às 22h15, vai ao ar a nova temporada de "Drogas S/A". O programa vai para as ruas com policiais, traficantes, usuários e agentes alfandegários mostrando todos os ângulos do assunto. A geografia, a demografia, a indústria, a cultura e as tradições se combinam para tornar cada cenário único no mundo das drogas. O programa viaja do Alasca até New Orleans, do Havaí até Porto Rico, de Londres até Las Vegas para conhecer por dentro a história do negócio internacional de drogas que tem um valor anual de 350 bilhões de dólares.


Cena do episódio "Heroína no Alasca" da série "Drogas S/A"
Divulgação/NatGeo

Nesta primeira semana, vão ao ar dois episódios inéditos, "Havaí, o Paraíso das Metanfetaminas" e "Heroína no Alasca". O primeiro vai até o Havaí, uma ilha paradisíaca com a maior taxa de abuso de metanfetamina dos Estados Unidos. Levando drogas para o 50º estado, os traficantes exigem altíssimos preços dos viciados. Stevie, viciado em metanfetaminas, luta contra o vício que ameaça destruir sua família. Cinquenta por cento dos casos da Força Administrativa de Narcóticos são contra os traficantes de metanfetamina que ocupam o estado do Havaí. Nas ruas do bairro chinês de Honolulu, os lucros com metanfetamina são altos, mas não tão altos quanto com crack. Lutando contra esta onda de vícios, o juiz Alm usa um sistema revolucionário de liberdade condicional, em uma tentativa de diminuir o ciclo vicioso das drogas e do crime.

Já o segundo, vai até o Alasca, a última fronteira americana. Lar de um dos maiores problemas com drogas nos Estados Unidos com sua remota localização, o que significa alto lucro para os traficantes. Nas ruas de Anchorage, gangues violentas lutam pelo controle do tráfico de drogas. Mas a maior causa de morte é o uso ilícito de álcool. Nas cidades e aldeias remotas do interior do Alasca, contrabandistas fazem grandes lucros em comunidades nativas dizimadas pelo vício em álcool.

Nova temporada de "Drogas S/A" estreia 04 de março, às 22h15 no National Geographic Channel.