A publicação impressa da Monet traz na edição de março o resultado da votação do Prêmio Monet. Os vencedores foram eleitos por meio do voto popular e, para completar a festa, outras personalidades e fãs foram chamados para falar de cada um dos premiados e contar com exclusividade na revista porque esses ganhadores merecem receber o Monetzinho – toy art inspirado no artista plástico Claude Monet (1840-1926) – como prêmio.


Foto: Divulgação

Tudo começou no dia 30 de novembro de 2012, quando a Monet disponibilizou em seu site os indicados a 5° edição do Prêmio Monet. Os internautas puderam votar em doze categorias com cinco indicados em cada, incluindo melhor série, apresentador, programa humorístico, especial, entre outros.

A votação ficou disponível por dois meses – até o dia 1° de fevereiro – e recebeu 1,4 milhão de votos no total. A disputa foi acirrada entre as humoristas As Olívias (Multishow) e Natalia Klein de Adorável Psicose (Multishow), e entre Homens Gourmet (Bem Simples) e Palmirinha (Bem Simples). Depois de um bom tempo de campanha e do constante apoio de leitores e telespectadores, todos merecem ser parabenizados por estarem entre os candidatos da premiação.

Na categoria Séries, só deu The Walking Dead (FOX) que conta a história de um apocalipse zumbi. O enredo não parece muito atraente em uma primeira análise, mas quem assiste uma vez não quer mais parar. José Carlos Marujo, redator do site TheWalkingDead.com.br, explica: “The Walking Dead não é um simples terror, é uma história de sobrevivência. Sobrevivência não somente da raça humana, mas do que nos torna, essencialmente, humanos”. Já na categoria de programas teens, a dinâmica e intensa série Pretty Little Liars foi a vencedora.

Dentre os femininos, o que mais se destacou em 2012 foi o Boas Vindas (GNT), a série reality que acompanha o nascimento de um filho. A sensibilidade e o cuidado na produção do programa, aliados a uma narrativa emocionante conquistam um número cada vez maior de telespectadores.

A vencedora dos Talk Shows foi ninguém menos que Marília Gabriela. Para o apresentador Danilo Gentili “ela tem domínio total da situação. Relaxa, diverte, afronta, confronta, causa tensão, alivia a tensão – ela tem tudo isso sob controle, o tempo todo. Sua inteligência e generosidade merecem o reconhecimento”.

As categorias Programa Culinário e Apresentador Nacional ficaram por conta do talento de Palmirinha – além de uma cozinheira de mão cheia, ela sabe agradar e divertir. Leve, debochada, picante e um exemplo a ser seguido fazem dela uma referência nacional na identidade da culinária brasileira.

Na categoria Musical, Daniel Ferro ganhou com o programa Contos do Rock (Multishow), enquanto Natalia Klein teve merecido reconhecimento com o programa humorístico Adorável Psicose (Multishow). O programa Águias da Cidade (Discovery) levou o prêmio como melhor Reality Show/Documentário. Em termos de especiais da TV, o Oscar (TNT) foi o mais votado. Embora seja apenas uma noite, tem seu charme, diversão e entrosamento com o telespectador. Para os amantes do futebol, o programa Linha de Passe (ESPN Brasil) é considerado o melhor da TV paga. Por fim, na categoria infantil a garotada escolheu o programa Detetives do Prédio Azul (Gloob).

Desde 2008, em sua primeira edição, o Prêmio Monet vem se tornando referência para os assinantes da TV paga. De acordo com Luis Alberto Soares Nogueira, diretor de redação da revista Monet, “a eleição foi um grande sucesso pelos leitores que se engajaram, fizeram campanha nas redes sociais, votaram e torceram pelos seus favoritos”, diz ele.

O prêmio deve ser entregue aos vencedores no final de março, mas com uma peculiaridade. Cada toy art está em branco, os vencedores receberão um conjunto de canetinhas para customizar o presente a sua maneira.