A 13º edição do Laureus World Sports Awards, mais importante prêmio do esporte mundial, irá acontecer pela primeira vez no Brasil e terá o patrocínio da Embratel e da Claro. Em conjunto, as empresas serão patrocinadores locais da premiação que reunirá os melhores atletas do mundo em cerimônia no dia 11 de março, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro (RJ).


Usain Bolt / Divulgação

O Prêmio Laureus World Sports Awards 2013 será um uma oportunidade única de reconhecer os esforços e a dedicação dos esportistas. O atleta paralímpico brasileiro Daniel Dias, patrocinado pela Embratel e vencedor do Prêmio Laureus 2009 como “Melhor Esportista do Ano com Deficiência”, concorre em 2013 na mesma categoria. Neymar, jogador de futebol patrocinado pela Claro, também é um dos indicados na categoria “Atleta Revelação”, por já ter marcado 100 gols com menos de 20 anos de idade.

“Estamos muito felizes em apoiar mais essa iniciativa que prestigia os melhores atletas do planeta”, afirma José Formoso, presidente da Embratel, destacando que a Embratel também foi a primeira empresa a patrocinar a candidatura do Rio de Janeiro como sede das Olimpíadas de 2016 e o consórcio Embratel–Claro é patrocinador oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016 na categoria telecomunicações. “Apoiamos o esporte por acreditar que esse movimento envolve, inspira e une as pessoas”, diz ele.

A realização do Laureus World Sports Awards no Brasil é mais uma importante confirmação do destaque que o país tem hoje no cenário mundial e reforça o esporte como pilar estratégico para a marca”, diz Carlos Zenteno, presidente da Claro.

Temos o prazer de anunciar que a Embratel é nosso patrocinador local para o Laureus World Sports Awards 2013. A Embratel é conhecida por apoiar o esporte e o desenvolvimento de projetos no Rio de Janeiro e no Brasil.”, afirma Guy Sanan, diretor executivo da Laureus.

O Prêmio Laureus é realizado anualmente e a votação é feita em duas etapas: na primeira, jornalistas de 80 países elegem cinco atletas de cada categoria que se destacaram ao longo do ano. Na segunda fase, a Academia Mundial do Esporte, composta na maioria por ex-atletas, vota no vencedor entre os indicados.

Ao todo, são sete categorias: atleta feminino, atleta masculino, melhor equipe, atleta revelação, regresso do ano, melhor esportista do ano com deficiência e esportes de ação. A premiação já foi realizada em Mônaco (de 2000 e 2003), em Portugal (2004 e 2005), na Espanha (2006 e 2007), na Rússia (2008), em Abu Dhabi nos Emirados Árabes (2010 e 2011) e em Londres (2012). O Prêmio Laureus faz parte da Laureus Sport for Good Fundation (Fundação Laureus de esporte para o bem), que tem o objetivo de cativar crianças e jovens para que recorram ao esporte como forma de transformação social. A fundação tem Nelson Mandela como patrono.

Confira a lista de atletas que estão entre os indicados para a premiação deste ano:

Melhor Atleta Masculino
Usain Bolt (atletismo, Jamaica)
Mo Farah (atletismo, Grã-Bretanha)
Lionel Messi (futebol, Argentina)
Michel Phelps (natação, EUA)
Sebastian Vettel (automobilismo, Alemanha)
Bradley Wiggins (ciclismo, Grã-Bretanha)

Melhor Atleta Feminina
Jessica Ennis (atletismo, Grã-Bretanha)
Allyson Felix (atletismo, EUA)
Missy Franklin (natação, EUA)
Shelly-Ann Fraser-Pryce (atletismo, Jamaica)
Serena Williams (tênis, EUA)
Lindsey Vonn (esqui, EUA)

Melhor Equipe
Equipe olímpica de tênis de mesa da China
Equipe da Copa Ryder Europeia (golfe)
Miami Heat (basquete)
RBR (automobilismo)
Seleção espanhola de futebol masculino
Time olímpico de basquete dos EUA

Revelação do Ano
Yannick Agnel (natação, França)
Gabby Douglas (ginástica artística, EUA)
Kirani James (atletismo, Granada)
Andy Murray (tênis, Grã-Bretanha)
Neymar (futebol, Brasil)
Ye Shiwen (natação, China)

Regresso do Ano
Tirunesh Dibaba (atletismo, Etiópia)
Ernie Els (golfe, África do Sul)
Equipe da Copa Ryder Europeia (golfe)
Equipe olímpica de remo de oito (Alemanha)
Anna Meares (ciclismo, Austrália)
Felix Sanchez (atletismo, República Dominicana)

Melhor Esportista do ano com Deficiência
Patrick Anderson (basquete em cadeira de rodas, Canadá)
Johanna Benson (atletismo, Namíbia)
Daniel Dias (natação, Brasil)
Alan Fonteles (atletismo, Brasil)
David Weir (corrida em cadeira de rodas, Grã-Bretanha)
Alex Zanardi (ciclismo, Itália)

Esportes de Ação
Felix Baumgartner (aventura, Áustria)
Jamie Bestwick (BMX, Reino Unido)
Joel Parkinson (surfe, Austrália)
Julie Bresset (moutain Bike, França)
Philip Koster (windsurfe, Alemanha)
Stephanie Glimore (surfe, Austrália)