O canal de televisão por assinatura Music Box Brazil deverá estrear nas próximas horas na grade de programação da Claro TV (no canal 111). Para você ficar por dentro da programação deste novo canal, a Redação VCFAZ.TV selecionou algumas dicas para os próximos dias. Confira:

Cidadão Quem no Theatro São Pedro
5 de março, às 22h30

Este é o primeiro registro em DVD da banda de rock gaúcha, gravado ao vivo no Theatro São Pedro em julho de 2004. O repertório traz versões acústicas de sucessos como "Os Segundos", "A La Recherche", "Carona", "Pinhal "e "Ao Fim de Tudo", entre outras. Inclui ainda videoclipes, making of, rockstória e fotos.

Tulipa Ruiz – Itaú Cultural
6 de março, à meia-noite

Show que integra o projeto Rumos Música – Carteira Mapeamento, do Itaú Cultural. Em julho de 2012, lançou “Tudo Tanto”. O álbum, selecionado no Edital Nacional 2011 do Natura Musical, tem produção de Gustavo Ruiz, arranjos de cordas e sopros de Jacques Mathias. O disco traz onze faixas, incluindo parceria com Criolo, participações de Lulu Santos, São Paulo Underground, Daniel Ganjaman, Kassin e Rafael Castro. Tulipa já dividiu o palco com nomes como Milton Nascimento, Zélia Duncan, Arnaldo Antunes, Lenine, Nação Zumbi (Rock in Rio 2011) e a cubana Yusa.

Feliz Natal
Filme, 6 de março, às 8h

Homem que trabalha em ferro-velho tenta montar o quebra-cabeça da própria existência e esquecer os fantasmas do passado. Perto do Natal e das festas de final de ano, ele tenta uma reaproximação com a família disfuncional.

Dudu Nobre – Roda de Samba Ao Vivo
6 de março, às 22h30

O cantor Dudu Nobre interpreta grandes sucessos como: "Quem É Ela", "Posso Até me Apaixonar", "Vou Botar Teu Nome na Macumba", além de músicas inéditas em parcerias com Zeca Pagodinho e Almir Guineto.

Ney Matogrosso interpreta Cartola
7 de março, à meia-noite

Gravado em novembro de 2002, o show é um tributo de Ney Matogrosso a um dos maiores nomes do samba.

O Samba Que Mora em Mim
Documentário, 7 de março, às 18h30

O Samba que Mora em Mim é um documentário ambientado no Morro da Mangueira, no Rio de Janeiro, durante o período pré-carnaval. Na quadra da escola de samba, a diretora Georgia Guerra-Peixa reencontra sua prórpia história e conta o significado do carnaval em sua vida. Em seguida, sobe pela primeira vez no morro em busca do que há além do samba.