O canal de televisão por assinatura Prime Box Brazil deverá estrear nas próximas horas na grade de programação da Claro TV (no canal 68). Para você ficar por dentro da programação deste novo canal, a Redação VCFAZ.TV selecionou algumas dicas para os próximos dias. Confira:

A Via Láctea
5 de março, às 22h

Heitor e Júlia namoram há algum tempo. Após terem uma discussão violenta ao telefone, Heitor decide pegar o carro e encontrá-la em sua casa, para resolver a situação. Através de sua viagem pelas ruas engarrafadas de São Paulo, ele passa a analisar as possibilidades do amor, perda e morte em um grande centro urbano.

Vamos Fazer um Brinde
6 de março, à 0h

No Réveillon seis amigas e um amigo se reencontram para brindar suas histórias. Nesse dia, relembram acontecimentos de sua infância, e vêm à tona antigos e recentes problemas fazendo com que percebam que o tempo passou, eles amadureceram, se tornaram adultos, criaram sua independência e cada um passou a encarar a sua vida de forma diferente.

Benguelê
6 de março, às 18h30

“Benguele” quer dizer – canto triste de escravos – que é uma música composta por Pixinguinha, cantada por Clementina de Jesus pela primeira vez no show Rosa de Ouro em 1964 no teatro Jovem, no Rio de Janeiro. Aos 63 anos, Clementina subiu neste palco pela primeira vez, como cantora profissional.

Onde Andará Dulce Veiga?
6 de março, às 20h

A história se passa nos anos 80, quando um jornalista decide investigar o desaparecimento da cantora Dulce Veiga, justamente na estreia do show que deveria alavancar sua carreira, ainda na década de 60.

Lavoura Arcaica
8 de março, à 0h

André é um filho desgarrado, que saiu de casa devido à severa lei paterna e o sufocamento da ternura materna. Pedro, o irmão mais velho, recebe de sua mãe a missão de trazê-lo de volta ao lar. Cedendo aos apelos da mãe e de Pedro, André resolve voltar para a casa dos seus pais, mas quebrará os alicerces da família ao se apaixonar por sua irmã Ana.

O Preço da Paz
8 de março, às 20h

A Revolução Federalista, coloca em envidência a garra e a determinação dos heróicos gaúchos que ficaram conhecidos ao longo do tempo como "Maragatos". Os idealistas revolucionários Maragatos se insurgem e avançam para o Rio de Janeiro. O intuito: se juntar às tropas do Almirante Saldanha para juntos – deporem o Presidente.