Após uma primeira temporada comandada por Vitor Belfort e Wanderlei Silva, o reality show "The Ultimate Fighter Brasil" volta à tela da Rede Globo no próximo dia 17 de março. Desta vez, o programa testará alguns dos meio-médios mais talentosos do Brasil. Liderados por dois dos mais importantes pesos pesados do UFC, Antonio Rodrigo "Minotauro" Nogueira e Fabricio Werdum, os candidatos vão treinar e morar juntos, competindo por um cobiçado contrato com o Ultimate Fighting Championship (UFC).


Fabricio Werdum e Minotauro apresentam "The Ultimate Fighter Brasil"
Divulgação/UFC

Nos dois primeiros episódios, um grupo de 28 pesos meio-médios vão se enfrentar em lutas eliminatórias até que reste apenas metade deles. Os 14 vencedores se mudarão para a casa do "The Ultimate Fighter", onde serão divididos em dois times opostos. Após o fim de cada episódio, uma luta definirá um vencedor, que vai avançar no torneio até que apenas um seja escolhido o Ultimate Fighter. Os 28 finalistas foram escolhidos a partir de uma lista de cerca de 300 candidatos. Com idades entre 18 a 35 anos, os atletas vieram de diversos cantos do Brasil, bem como de países como Argentina e Estados Unidos, e passaram por entrevistas, exames médicos e foram testados em suas habilidades técnicas. "Acho que o nível desta temporada está altíssimo. Estou confiante de que, fora o vencedor, também vamos mandar vários lutadores de alto nível para o UFC no futuro. Basicamente, temos a elite dos meio-médios do Brasil na nossa frente", disse Rodrigo Minotauro.

"TUF – Em Busca de Campeões" tem estreia prevista para o dia 17 de março, logo após o "Big Brother Brasil".