O grupo de mídia americano ViacomCBS, que administra os estúdios Paramount, o canal americano e grande produtor de séries CBS e canais de TV por assinatura como Nickelodeon, MTV e Comedy central, anunciou nesta sexta-feira (03) ter adquirido 49% do estúdio de cinema Miramax, atualmente pertencente à empresa beIN, do Qatar, que detém uma participação de 51% na empresa. A atual equipe de liderança da Miramax continuará em suas funções existentes.

O montante total da transação é de US$ 375 milhões, com um desembolso inicial de US$ 150 milhões em espécie e o compromisso de investir US$ 225 milhões em futuras produções nos próximos cinco anos.

Além disso, a Paramount Pictures firmou um contrato de distribuição exclusivo e de longo prazo para a biblioteca de filmes da Miramax; e um contrato exclusivo de longo prazo que permite à Paramount Pictures desenvolver, produzir, financiar e distribuir novos projetos de cinema e televisão com base no IP da Miramax. O catálogo da Miramax tem títulos como “O Paciente Inglês”, “Chicago”, “Kill Bill”, “Pulp Fiction – Tempos de Violência” e a franquia “Pânico”

A Miramax foi fundada em 1979 pelos irmãos Bob e Harvey Weinstein, mas mudou de mãos várias vezes antes de ser comprada em 2016 pela beIN.