Nesta quinta-feira (11), o “Em Nome da Justiça” volta à grade de programação da Record TV e será exibido ao vivo, com apresentação de Luiz Bacci e uma entrevista exclusiva comandada por Domingos Meirelles. O programa, que destaca casos em que há polêmicas sobre a culpa ou inocência dos acusados, destaca o assassinato de Vanessa Batista de Freitas, uma jovem de 22 anos, morta em 2006.

Vanessa foi brutalmente assassinada ao voltar para casa. Renato Brito, ex-companheiro dela, pai de um dos seus filhos, é preso acusado de ter matado a mulher e diz ter sido torturado para confessar o crime.  Dois amigos do ex-marido da jovem também são acusados e vão a julgamento.

Dois anos depois, uma reviravolta: Leandro Basílio Rodrigues, o “Maníaco de Guarulhos”, conta que matou mais de 50 mulheres, dentre elas, Vanessa. Ele relata detalhes do local, a forma que matou a moça e até o véu que deixou sobre seu rosto.

O programa traz uma entrevista exclusiva com o assassino, conduzida pelo jornalista Domingos Meirelles  e gravada antes da pandemia de Covid-19. “Em Nome da Justiça” volta ao ar no dia 11 de junho, às 22h30 na Record TV.