Cientistas, professores, empreendedores, especialistas em tecnologias e escritores de diversas partes do mundo fazem projeções sobre as mudanças no mundo pós-pandemia de COVID-19 na nova temporada do programa “Expresso Futuro”, apresentado por Ronaldo Lemos, que estreia no Canal Futura nesta segunda (19).

Depois da terceira temporada gravada em mais de 10 cidades na China, desta vez “Expresso Futuro” foi todo produzido remotamente, em uma área isolada da Serra da Mantiqueira. A partir de lá, Ronaldo Lemos conversou com cientistas, artistas, filósofos, investidores, empreendedores e lideranças brasileiras e globais. Nos oito episódios da série, parceria do Canal Futura com a Producing Partners, que nesta temporada conta também com apoio do UOL, serão abordadas transformações em áreas como educação, trabalho, sociedade e cidades.

Entre os entrevistados, Ronaldo conversou com o escritor de ficção científica chinês Liu Cixin, cuja obra será adaptada como série para TV; o professor Jeffrey Sachs, um dos maiores nomes sobre meio ambiente e globalização e está lançando o livro “Ages of Globalization”; e Stephen Wolfram, criador da plataforma de inteligência artificial Wolfram-Alpha. Também foram entrevistados Gideon Lichfield, editor da revista MIT Technology Review, uma das publicações sobre tecnologia mais respeitadas do mundo; e a professora transgênero Sasha Constanza-Schock, do Instituto de Tecnologia de Massachussetts.

Entre os convidados brasileiros estão o produtor Kondzilla, único brasileiro com um vídeo com mais de 1 bilhão de visualizações no Youtube; Celso Athayde, empresário e fundador da CUFA (Central Única das Favelas); a economista Laura Carvalho; a cientista da computação Nina da Hora; a urbanista Tainá de Paula e a influencer Camila Coutinho, entre outros.

A nova temporada de “Expresso Futuro” estreia dia 19 de outubro, às 21h no Canal Futura. Os episódios serão exibidos também no Globoplay e no Futuraplay.