gazeta
Nesta terça-feira (03/06), às 23h30 na TV Gazeta, o programa ‘A Máquina’ captura o zootecnista, mestre em psicologia e apresentador Alexandre Rossi.

[creditos:8fd1abe6c1]
Divulgação / TV Gazeta [/creditos:8fd1abe6c1]

Entrevistado por Fabricio Carpinejar, o zootecnista se mostrou uma pessoa muito tímida e reservada, e revelou o que faz nos momentos de maior inibição: “Eu vou ao banheiro para ficar um pouco escondido, parado, para respirar”.

No entanto, a timidez não impediu Alexandre de aceitar trabalhos na televisão, inclusive ele vê a TV aberta como uma forma democrática de “ajudar pessoas que não têm nenhum dinheiro. E às vezes nem tem condições de ler um livro”.

Questionado sobre pessoas que dizem gostar mais de animais do que de seres humanos, o apresentador diz que esse perfil é muito comum e completa. “Quando a gente vai escolher novas pessoas para trabalhar na minha empresa, a gente pergunta o porquê quer trabalhar com animais. Uma grande parte é porque não quer trabalhar com pessoas”.

O sonho de Alexandre, que desde os seis anos de idade têm facilidade para se relacionar com os animais, é ver mais locais ‘pet friendly’ em São Paulo, isto é, lugares que aceitem clientes acompanhados de seus animais de estimação.

O zootecnista ainda faz dura crítica às pessoas que levam cachorros com grande potencial agressivo em locais públicos e acredita que a solução é puni-las: “Punindo essas pessoas diminuiria as chances de acidentes muito graves acontecerem”.