ae Os Robertson, estrelas de "Os Reis dos Patos" conseguiram juntos fazer fortuna fabricando apitos para atrair patos. O segredo foi ter acreditado num negócio que começou numa oficina modesta no quintal de sua casa até se tornar um “império” avaliado em milhões de dólares. Sem nunca terem se esquecido de seu estilo de vida simples e rural, os Robertson são a representação dos costumes típicos de uma família do campo, mas com um estilo de humor muito particular e divertido.


Elenco de "Os Reis dos Patos"
Divulgação/A&E

As aventuras cotidianas dessa família incomum cativaram espectadores nos Estados Unidos, onde a série se tornou um fenômeno, e na América Latina desde que o reality estreou na tela do A&E. Entre outras excentricidades, os Robertson chamam a atenção pelos trajes camuflados que usam para caçar, pelas barbas enormes cultivadas há anos, por seu senso de humor muito particular e por seu amor incondicional pela família, além da simplicidade de sempre, apesar da fortuna acumulada. Esta nova temporada já foi assistida por mais de 11 milhões de pessoas que acompanharam as venturas e desventuras do dia a dia dessa empresa familiar liderada por Willie, o mentor desse negócio.

No último episódio da quarta temporada da série, em 10 de fevereiro, às 22h30, os Robertsons oferecem sua empresa, a Duck Commander, para realização da festa de Dia das Bruxas, já que a igreja não vai poder fazer seu evento anual de “gostosuras ou travessuras”. Todos se reúnem para decorar o armazém e transformá-lo em “Casa do Terror”. Willie pretende ser o mais assustador, mas nem as crianças ficam com medo dele. Enquanto isso, Dona Kay também decora sua casa para o Halloween e Phil colabora com uma estranha lanterna feita com uma espingarda.