Representante da sétima geração de equilibristas de sua família, Nik Wallenda, 35 anos, está disposto a honrar a linhagem e a lendária tradição de seus antepassados sem medir consequências. Ele, que ano passado tornou-se o primeiro a cruzar o Grand Canyon em uma corda bamba, preparou uma travessia urbana e ainda mais perigosa dessa vez.

No domingo, 2 de novembro, às 22h, o Discovery exibe essa façanha ao vivo, em A vida por um fio: Chicago, especial com transmissão simultânea e exclusiva para mais de 220 países, incluindo o Brasil.

O circuito de cordas bambas nas alturas será montado no topo de edifícios icônicos de Chicago, em uma região da cidade onde o vento é especialmente traiçoeiro. Sempre desprovido do amparo das redes de proteção, Wallenda percorrerá uma distância equivalente a dois quarteirões, com uma inclinação de 15 graus e a mais de 50 andares de altura. Da torre oeste do edifício Marina City até o edifício Leo Burnett, ela passará sobre o rio Chicago. Essa será a maior altura enfrentada por um Wallenda e também o percurso mais íngreme.