Na manhã desta segunda-feira (17), a AT&T  e o Discovery, Inc. anunciaram um acordo que prevê que a WarnerMedia (da AT&T) será desmembrada e combinada com o Discovery em uma nova empresa de mídia independente. O negócio, sujeito à aprovação regulatória, combinará canais do grupo e serviços de streaming HBO Max e Discovery+.

- Publicidade -

O acordo prevê a fusão dos canais do grupo Warner como HBO, CNN, TNT, Cartoon Network, Warner Channel e do grupo Discovery como Discovery Channel, Animal Planet, Discovery Kids e Food Network. A transação está estimada em cerca de 150 bilhões de dólares somando os valores de mercado das duas companhias.

A junção visa competir com players globais como a Netflix e a Disney. O serviço de streaming da Discovery, o Discovery+, estreou apenas no início do ano e tem mais de 15 milhões de assinantes. Já o HBO Max, o principal serviço de streaming da AT&T, tem mais de 44 milhões de assinantes.

A operação é um novo passo da AT&T para ampliar os negócios. Em 2018, a companhia que era originalmente uma operadora de telefonia pagou 81 bilhões de dólares para adquirir a Time Warner. A nova empresa, prevista para 2022, será maior do que a Netflix ou a NBCUniversal. Juntas, WarnerMedia e Discovery geraram mais de US$ 41 bilhões em vendas no ano passado, com um lucro operacional de US$ 10 bilhões.


Imagem divulgada no anúncio da fusão, nesta segunda (17) (Reprodução)

- Publicidade -