[creditos:1498ad08bd]
Bianca Ramoneda entrevista a autora Manuela Dias (Globo/João Miguel Junior)[/creditos:1498ad08bd]
Aos olhos do grande público, Manuela Dias pode não ser ainda tão conhecida, mas a jovem e experiente autora, que há 20 anos escreve para teatro, cinema e TV, encanta o público logo nas primeiras palavras e o seduz para mergulhar no universo que constrói para seus personagens. Foi assim em "Ligações Perigosas" e agora na minissérie ‘Justiça’, que conquistou o horário nobre da Globo. Manuela é a próxima entrevistada de Bianca Ramoneda no "Ofício em Cena" na GloboNews.

- Publicidade -

Manuela pratica o que chama de “dramaturgia de rua”, a conversa comum, a intimidade dos grandes e dos pequenos eventos – seja o sentimento do rei no dia da coroação ou o sofrimento que o vendedor de cafezinho está vivendo naquele dia de trabalho. No início da carreira, ela adotou uma estratégia inusitada para ouvir boas histórias: levou uma placa para o centro do Rio de Janeiro, um gravador de áudio e muitas moedas de R$ 1 no bolso e pagava com uma moeda por cada história que quisessem lhe contar. Fez isso durante quase dois anos.

Em Cuba, Manuela Dias foi uma das nove alunas da última turma de cinema de Gabriel García Márquez, Prêmio Nobel de Literatura e autor de grandes livros, como ‘Cem Anos de Solidão’. Com ele, Manuela aprendeu a extrair o que é realmente interessante de uma história. Ela também revela na entrevista como são as etapas desse processo. Manuela gosta de trocar ideias com sua equipe, mas considera o diálogo uma parte pessoal e intransferível do processo. Manuela conta ainda que ‘Justiça’ nasceu quando uma funcionária de sua casa sofreu uma injustiça muito parecida com a da personagem de Adriana Esteves na trama. O marido dela tinha sido preso por matar o cachorro do vizinho, que invadia o seu terreno e comia os seus patos.

A entrevista de Manuela Dias ao ‘Ofício em Cena’ vai ao ar no dia 30 de agosto, às 23h30, na GloboNews.

- Publicidade -