A lenda do boxe Mike Tyson retorna aos ringues para uma luta-exibição na noite de sábado, dia 28 de novembro, contra o também ex-campeão Roy Jones Jr., em Los Angeles (EUA).

Para marcar o esperado encontro, a TV Globo terá uma programação especial, que começa logo depois do ‘Altas Horas’. No ‘Supercine’, o filme ‘10 Segundos Para Vencer‘, estrelado por Daniel de Oliveira e Osmar Prado, relembra a história do brasileiro Éder Jofre, tricampeão mundial de boxe. Na sequência, Luis Roberto e Rogério ‘Minotouro’ Nogueira comandam um programa sobre a brilhante e polêmica carreira de Tyson, e a exibição do duelo entre os ex-campeões, que vai ao ar após a transmissão ao vivo e exclusiva no Combate. No canal de lutas, o evento começa às 21h30 (de Brasília), e a luta tem narração de Rhoodes Lima e comentários de Ana Hissa e Daniel Fucs.

A expectativa para a luta é muito grande, por termos contato novamente com figuras que fizeram a história do boxe. Para as novas gerações, será uma oportunidade de mostrar os anos de ouro da modalidade. A técnica perfeita, agilidade, jogo de pernas e a forma cerebral de encarar os seus adversários do Roy Jones Jr. E o fenômeno Mike Tyson, que combinava como ninguém técnica e força, sempre impondo o seu jogo”, diz Luis Roberto.

O retorno destas duas lendas gerou uma expectativa gigante no mundo inteiro. Essa luta tem tudo para entrar para a história do boxe mundial e dos esportes de combate”, complementa Rhoodes Lima.

Antes de soar o gongo no sábado, matérias especiais esquentam o clima para o confronto. O ‘Globo Esporte’ exibe uma série de matérias que mostram os rumos das vidas dos dois lutadores após o término das suas carreiras. A repórter Evelyn Rodrigues conta como Tyson ganhou o caminho do entretenimento, com participações em filmes, shows na Broadway e um livro que virou best seller. Guido Nunes relembra a carreira de Roy Jones Jr., que assim como seu adversário, perdeu parte da fortuna que ganhou com o boxe. No dia da luta, Kiko Menezes encerra a série de reportagens contando a história de Tyson a partir das suas tatuagens, que representam fases importantes da conturbada vida do ex-campeão dos pesos pesados.

No ‘Jornal Nacional’ desta sexta-feira, dia 27, Tino Marcos mostra como Tyson revolucionou a categoria dos pesos-pesados. Até então, os combates eram mais lentos e com poucos nocautes. O ‘Jornal da Globo’ conta na véspera do combate como o ex-campeão se reinventou após decretar falência em 2003, com uma dívida de 23 milhões de dólares.