[creditos:a1f8a80b75]
Programa entra no mundo da diversidade sexual (Divulgação)[/creditos:a1f8a80b75]
O que é transgênero? Por que algumas pessoas não se sentem bem no próprio corpo e querem mudar de sexo? Como reconhecer se seu filho é um transgênero? Onde procurar ajuda para evitar que ele sofra? Essas e outras questões serão levantadas pela repórter Mônica Teixeira, que comanda o ‘Globo Repórter’ desta sexta, dia 23, após a novela Velho Chico, na Globo.

- Publicidade -

O programa entra neste mundo delicado da diversidade sexual e mostra como as famílias brasileiras lidam com esta realidade. O transgênero se refere a pessoas cuja expressão social ou identidade cerebral não está de acordo com o órgão genital. É o caso de Luara Munhoz, que se tornou Luan após ser diagnosticado como transgênero. Ele ficou em depressão durante quatro anos até revelar a situação para uma amiga, que ajudou a contar para a família o que estava acontecendo. Hoje os pais e a bisavó o aceitam do jeito que é e convivem bem depois que entenderam o que se passava com ele.

A niteroiense Joana Nery foi a primeira a se arriscar na cirurgia de troca de sexo, ainda em 1971, quando viveu uma história dramática. Ela sofreu muito preconceito, perdeu o diploma, mestrado e até o doutorado, depois que se transformou em João. Começou do zero como pintor de parede, garçom, faxineiro e até mágico. Hoje, é feliz, palestrante de sucesso, e está casado há 20 anos com a Angela.

O maior hospital do país cuida de centenas de pessoas com este diagnóstico e os médicos explicam que a origem pode ser biológica e começa em plena gestação. O programa mostra ainda um grupo de mães que lutam pela diversidade, criando um movimento contra a intolerância.

- Publicidade -