Um documentário com todos os ingredientes de um filme de ficção: há momentos de tensão, de terror, de coragem e de dor. É desta forma que Marita Graça, roteirista de "Trincheiras no Deserto", apresenta o documentário inédito que a GloboNews exibe sábado (08).

- Publicidade -

O filme traz imagens captadas pelo cinegrafista Gabriel Chaim, ao longo dos sete meses em que acompanhou de perto a luta dos soldados curdos, chamados de peshmergas, antes e durante a operação de retomada de três cidades na região do Curdistão iraquiano, invadidas pelo Estado Islâmico. A partir do front na montanha de Bashiqah, Chaim registrou não apenas os confrontos, mas também o dia a dia dos soldados que lutam com poucos recursos pela proteção e reconquista territorial, enquanto ajudam a resgatar refugiados perseguidos pelos terroristas.

O documentário mostra também outros personagens dessa guerra que começou há 2 anos, quando os terroristas proclamaram um califado no Iraque – como um paramédico americano e um religioso que vive em Myanmar e viajou ao Iraque para levar assistência médica e dentária aos combatentes. A retomada das 3 cidades do Curdistão pelos Peshmergas foi estratégica para que o exército iraquiano, com apoio da coalizão, pudesse avançar em direção a Mossul, a segunda maior cidade do país. A parte leste já foi reconquistada. Neste momento, os confrontos prosseguem na parte oeste da cidade.

Além da força dos depoimentos, a qualidade das imagens captadas é outro destaque do documentário, que foi realizado pela mesma equipe finalista do Emmy Internacional de Jornalismo na categoria Atualidade, com ‘Síria em Fuga’, exibido pelo canal em 2015.

"Trincheiras no Deserto" estreia dia 08 de julho, às 21h na GloboNews.

- Publicidade -