[creditos:5e135f4970]
"Cícero Dias – O Compadre de Picasso" estreia no Canal Brasil (Divulgação/Canal Brasil)[/creditos:5e135f4970]
Dirigido por Vladimir Carvalho, "Cícero Dias – O Compadre de Picasso" estreia no Canal Brasil nesta segunda (13). Escolhido o melhor roteiro e direção na mostra Câmara Legislativa do Festival de Brasília em 2016, o filme tem início no Cemitério de Montparnasse, onde está Cicero. Seu túmulo atrai visitantes de todos os lugares do mundo e seu epitáfio traz como mensagem os dizeres "Eu Vi o Mundo… Ele Começava no Recife", título de um de seus principais trabalhos.

- Publicidade -

Após essa breve demonstração da relevância internacional da obra do protagonista, a direção inicia o resgate cronológico da vida do artista plástico. Filho de um clã tradicional, ele levava às telas o dia a dia do engenho Jundiá, propriedade da família, a primeira inspiração para suas pinceladas.

Os depoimentos registrados pela película reforçam a magnitude do trabalho de Cicero Dias para a arte nacional e internacional. Ariano Suassuna comenta as semelhanças da obra do pernambucano aos quadros de Marc Chagall, ícone do movimento surrealista – comparação sempre rejeitada pelo brasileiro. O pintor e escultor Francisco Brennand lembra casos curiosos do período passado em Paris, como o episódio em que o artista plástico pagou um funcionário de um barco para roubar os sapatos da atriz hollywoodiana Rita Hayworth, e o momento em que conheceu o grande amor de sua vida, Raymonde. O próprio protagonista comenta detalhes de sua história em depoimentos de arquivo, como em uma gravação histórica ao lado de Roberto Freire, em um registro indispensável dessa figura crucial para a arte brasileira.

"Cícero Dias – O Compadre de Picasso" estreia no dia 13 de março, às 22h no Canal Brasil.

- Publicidade -