A morte na sociedade moderna é um assunto tão difícil que enterros e funerais perderam o grau de importância que tinham na Era Vitoriana, (caracterizada como o período de reinado da Rainha Vitória sobre a Grã-Bretanha e Irlanda entre 1837 e 1901) quando eram nada menos que grandiosos. Conduzido por várias pessoas a pé, o cortejo previa carregadores de caixões, carruagens e pagens que se vestiam a caráter e bebiam altas doses de gim para vencer o frio.

- Publicidade -

No dia 18 de maio, sexta-feira, às 23h o tema um tanto macabro vai interessar os rapazes de "Enfiados na Lama", que adentrarão esgotos londrinos para uma investigação mais apurada. Steve também vai encontrar equipamentos médicos utilizados na Antiguidade, enquanto Johnny descobrirá a velha prática sinistra da "venda de cadáveres".

"Enfiados na Lama" é a atração do History que destaca o hobby, às vezes obsessão, de um grupo conhecido como mudlarks que busca objetos antigos na região do Tâmisa. Qualquer um pode obter licença para explorar a faixa do rio que vai de Westminster a Wapping, mas apenas os atuais 51 mudlarks estão habilitados a explorar o lado norte do Tamisa, que desde 50 d.C. foi ponto de embarque e desembarque para romanos, saxões, vikings e normandos, e mais tarde para os navios reais.

- Publicidade -