A redação VCFAZ.NET tem acompanhado passo-a-passo todos os acontecimentos sobre o impasse nas negociações entre a DirecTV e a Viacom nos Estados Unidos. Na manhã desta quarta-feira, dia 11 de julho, a Viacom emitiu uma resposta ao vídeo e comunicado divulgados pela DirecTV na última madrugada (confira aqui).

- Publicidade -

De acordo com a resposta emitida pela programadora Viacom, a operadora americana retirou os canais do ar exatamente às 23h46 (horário de Washington nos Estados Unidos), substituindo-os por um vídeo em loop com o CEO da DirecTV dando seu ponto de vista sobre o caso e na numeração onde estava o canal Nickelodeon foi inserido um mosaico sugerindo que a audiência assista a outros canais não-pertencentes à Viacom.

A Viacom rebate ainda a informação divulgada pela DirecTV de que a programadora teria ignorado as tentativas de negociação. Denise Denson, vice-presidente executiva de distribuição de conteúdo e marketing da Viacom emitiu um comentário sobre o caso, confira abaixo (em tradução livre da redação VCFAZ.NET):

"A última vez que conversamos com a DirecTV foi ontem pela manhã às 11h e não havia nenhuma proposta de solução. De fato, a última proposta que a DirecTV fez era menos que qualquer outra operadora paga neste mercado, e nós dissemos que isto não seria justo com os outros distribuidores. É essencialmente a mesma proposta discutido há 3 semanas e que nós sempre discordamos. A DirecTV também se recusou a discutir qualquer assunto relacionado além do acréscimo dos valores. Nós estamos prontos para conversar a qualquer momento", informou Denise Denson.

Vídeo polêmico

Além deste comunicado a Viacom divulgou uma versão resposta do vídeo em que o CEO da DirecTV comenta seu ponto de vista sobre o caso. No vídeo, a Viacom inseriu comentários sobre o vídeo esclarecendo alguns pontos polêmicos e "ironizando" a "promessa" da DirecTV. Confira abaixo (vídeo em inglês):

- Publicidade -