O ‘Fantástico’ deste domingo, dia 29, traz o depoimento emocionado do padre Marcelo Rossi. Ele lembra, no quadro “O Que Vi da Vida”, como era sua rotina antes de descobrir a vocação religiosa e de onde tirou inspiração para se tornar um dos membros da Igreja Católica. Ele conta que antes era obcecado por seu corpo, malhava durante horas todos os dias da semana e revela, pela primeira vez, que chegou até a tomar anabolizantes para ficar ainda mais forte. Ele explica que foi ao ver o piloto Ayrton Senna agradecendo a Deus por sua vitória em uma das corridas de Fórmula 1 que percebeu o quanto era narcisista e precisava dar um novo rumo à sua vida. “Minha família sempre teve uma base religiosa. Uma tia católica me dizia que um dia eu viraria padre. Eu pensava que ela estava louca, mas aquilo me marcou e ficou na minha cabeça” , conta o padre, que explica que no início foi muito difícil e até seu pai questionou sua decisão.

- Publicidade -

Marcelo fala ainda sobre os dias em que passou se recuperando de uma queda.“Fiquei três meses usando cadeira de rodas sem poder fazer nada. Foi neste período que surgiu a ideia de escrever. Fiz um retrospecto de toda a minha vida, o que me ajudou muito”, conta sobre seu livro que já vendeu mais de sete milhões de exemplares no Brasil. Ele ressalta que, apesar de ser conhecido na mídia e gostar de cantar, ele é um padre e não um artista. Ao falar de música, ele aproveita para citar seus principais ídolos: “Sou cantor de chuveiro. Adoro música desde criança. Gosto de U2, Eric Clapton, Chico Buarque…”, lista.

E por falar em música, o ‘Fantástico’ viaja pelo Brasil atrás das cantoras da vida real que inspiraram a personagem Chayene, vivida por Cláudia Abreu na novela “Cheias de Charme”. O repórter Maurício Kubrusly conversa com a cantora Joelma da banda Calypso e vai ao Pará conhecer as rainhas do exagero, artistas que abusam de brilho, maquiagem carregada, roupa espalhafatosa e coreografias sensuais. No quadro “Sandy na Casa dos Campeões”, os atletas mostram que, além das habilidades para o MMA, eles têm também outros super talentos. Um dos competidores, por exemplo, é especialista em massagem terapêutica e Wolverine sabe tudo sobre tarô e aproveita até para jogar umas cartas para a cantora Sandy.

O programa deste domingo traz também uma entrevista com a atriz Nathalia Dill, que fala sobre a personagem que vive no filme “Paraísos Artificiais’, ficção que estreia na próxima semana e coloca em debate o universo das drogas. O programa aproveita para apresentar a nova geração de drogas sintéticas que imitam o efeito das drogas proibidas, sem usar ingredientes ilegais. Especialistas apontam os riscos de se consumir essas substâncias. Já no segundo episódio da série “Acidentes Domésticos – O Perigo Dentro de Casa”, Drauzio Varella mostra as consequências das picadas de animais peçonhentos e como agir no caso deste tipo de acidente. Neste episódio, o telespectador conhece a história do menino Matheus, que foi picado por um escorpião enquanto dormia em casa. Até receber o soro anti-escorpiônico, o efeito do veneno causou danos graves à sua saúde. O médico conta que esse tipo de picada é a mais comum do Brasil e que o escorpião é considerado pelo Ministério da Saúde como uma praga urbana. Ele se alimenta de baratas e encontra alojamentos em entulhos, lixos ou amontoado de objetos dentro das residências.

O ‘Fantástico’ vai ao ar aos domingos logo após o ‘Domingão do Faustão’.

- Publicidade -