Se você achava que a polêmica sobre a estreia da série How to Get Away With Murder ficaria restrita ao esdrúxulo título que recebeu no Brasil (o infame "Lições de um crime"), não se preocupe, outras questões estão chamando mais a atenção do público brasileiro.

- Publicidade -

A série começou a ser exibida na segunda-feira, dia 10 de julho, pela Globo na faixa de 1h da manhã, logo após o Conversa com Bial. Apesar da classificação indicativa de 16 anos e do horário de exibição (início da madrugada), a série tem sofrido cortes.

O público tem ido às redes sociais acusar a emissora de homofobia, uma vez que as principais cenas excluídas são as que envolvem momentos de intimidade de Connor e Oliver. Segundo o site HTGAWM Brasil, o fato chamou a atenção principalmente dos fãs que já haviam assistido os episódios pelo canal Sony, ABC Family ou mesmo pela Netflix.

O mesmo portal lembra o fato curioso da produção já ter sido indicada algumas vezes ao prêmio "Gay and Lesbian Entertainment Critics Association" assim como também ao "Gay & Lesbian Alliance Against Defamation", ganhando este último em sua primeira indicação.

- Publicidade -