globo A Globo estreia a terceira edição do reality show "The Ultimate Fighter Brasil", com 32 lutadores de pesos médios e pesados em busca de um lugar entre os principais atletas de MMA do mundo. Nos dois primeiros episódios, os atletas fazem lutas eliminatórias e apenas os 16 vitoriosos se mudam para a casa do "The Ultimate Fighter", onde passam a treinar juntos.

- Publicidade -

Uma vez na casa, os participantes são divididos em duas equipes, lideradas pelos ícones e rivais do UFC Wanderlei Silva e Chael Sonnen. Novidade na temporada, os técnicos contam, nesta edição, com o reforço das campeãs mundiais Isabel Salgado, do vôlei de praia, e Hortência Marcari, do basquete, respectivamente. Semanalmente, os atletas de cada categoria se enfrentam no octógono e determinam quem avança na competição. Os dois finalistas de cada divisão vão lutar em um evento ao vivo do UFC no Brasil, dia 31 de maio, que será transmitido ao vivo pela Globo e trará também a aguardada luta entre Sonnen e Wanderlei.


A dupla de técnicos Wanderlei Silva e Isabel Salgado. E a dupla, Hortência e Chael Sonnen
Luiz Pires/UFC

Com idades entre 18 e 35 anos, os 32 participantes vieram de diversos cantos do Brasil em busca da chance de competir por um contrato com o UFC e foram escolhidos a partir de centenas de candidatos que se inscreveram para a primeira etapa eliminatória do programa. Eles passaram por análises de cartel profissional, entrevistas e exames médicos, além de testes de suas habilidades de luta em pé e no chão.

"The Ultimate Fighter Brasil 3" estreia dia 09 de março, após o "Fantástico" na Globo.

- Publicidade -