[creditos:941643b1b6]
Tonia Carrero e Francisco Cuoco em "Sangue do Meu Sangue" (Divulgação/Cultura)[/creditos:941643b1b6]
A TV Cultura exibe neste domingo (16), às 19h30, o segundo episódio da série inédita "Novela – 65 Anos de Emoções". Intitulada "TV Excelsior – O Brasil nas Telenovelas", a produção retrata, entre outros fatos, o início da valorização dos artistas brasileiros e dos investimentos em produção para a criação das primeiras telenovelas nacionais.

- Publicidade -

A TV Excelsior, de São Paulo, foi inaugurada no mesmo ano que Brasília. A emissora surgiu com um projeto de renovação da televisão brasileira. Nos primeiros anos da década de 1960, o país vivia um clima de grande otimismo e de esperança de um período de grande progresso e desenvolvimento em todas as áreas. A Excelsior refletia esse momento, inclusive nas suas telenovelas. A emissora deu inicio a um processo de valorização dos artistas brasileiros, e foi a responsável pela primeira novela diária da televisão brasileira: "2-5499 Ocupado". Nessa novela despontou um casal que se tornaria um verdadeiro ícone da televisão brasileira: Tarcísio Meira e Glória Menezes.

Ao longo dos seus dez anos de existência, a Excelsior levou ao ar as mais importantes realizações de teledramaturgia da época, com títulos como A Muralha, Dez Vidas, A Deusa Vencida, A Moça Que Veio de Longe, Sangue do Meu Sangue, A Pequena Órfã, O Tempo e o Vento, e também a mais longa novela produzida no Brasil: Redenção, com seus 596 capítulos, exibidos ao longo de dois anos. No final da década de 1960, a Excelsior, perseguida pela ditadura militar, teve a sua concessão cassada pelo Presidente Médici. Um final melancólico para uma emissora que revolucionou a televisão brasileira.

"TV Excelsior – O Brasil nas Telenovelas" será exibido dia 16 de outubro, às 19h30 na TV Cultura.

- Publicidade -